Notícias | Copa Davis
Espanha, Argentina e EUA vão fortes para a Davis
05/02/2022 às 11h08

Carreño será novamente o principal nome do time espanhol na Copa Davis

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - A Federação Internacional de Tênis divulgou nesta sexta-feira a convocação de todos os 24 times envolvidos no qualificatório para o Grupo Mundial da Copa Davis, que acontecerá nos dias 4 e 5 de março, no antigo formato da competição, ou seja, o time da casa escolhe o piso. Os 12 vencedores disputam a fase final em novembro.

Espanha, França, EUA e Argentina convocaram equipes fortes e por isso têm amplo favoritismo para avançar. Já a Itália não contará com Matteo Berrettini e ficará com Jannik Sinner de número 1, enquanto o Canadá perdeu tanto Felix Aliassime como Denis Shapovalov. Jogando em casa, França e Austrália são favoritos.

Veja como estão convocados os 24 times que disputarão o qualificatório para o Grupo Mundial da Copa Davis:

Brasil x Alemanha, no Parque Olímpico, Río de Janeiro - saibro
Brasil: Thiago Monteiro, Thiago Wild, Felipe Meligeni, Bruno Soares e Marcelo Melo
Alemanha: Jan-Lennard Struff, Oscar Otte, Daniel Altmaier, Kevin Krawietz e Tim Puetz

Espanha x Romênía, em Puente Romano, Marbella - saibro
Espanha: Pablo Carreño, Roberto Bautista, Carlos Alcaraz, Alejandro Davidovich e Marcel Granollers
Romênía: Marius Copil, Nicolae Frunza, Stefan Palosi, Gabi Adrian Boitan e Horia Tecau

França x Equador, em Palais des Sports, Pau - sintético coberto
França: Gael Monfils, Adrian Mannarino, Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut
Equador: Emilio Gómez, Roberto Quiroz, Diego Hidalgo, Antonio Cayetano e Gonzalo Escobar

EUA x Colômbia, em Reno Events Centre, Reno - sintético coberto
EUA: Taylor Fritz, Tommy Paul, Sebastian Korda, Jack Sock e Rajeev Ram
Colômbia: Daniel Galán, Nicolás Mejía, Nicolás Barrientos, Juan Sebastián Cabal e Robert Farah

Eslováquia x Itália, em NTC Arena, Bratislava - sintético coberto
Eslováquia: Alex Molcan, Norbert Gombos, Filip Horansky, Filip Polasek e Igor Zelenay
Itália: Jannik Sinner, Lorenzo Sonego, Fabio Fognini, Lorenzo Musetti e Simone Bolelli

Holanda x Canadá, em Sportscampus Zuiderpark, La Haya - saibro coberto
Holanda: Botic van de Zandschulp, Tallon Griekspoor, Robin Haase, Wesley Koolhof e Matwe Middelkoop
Canadá: Brayden Schnur, Steven Díez, Peter Polansky e Alexis Galarneau

Argentina x República Tcheca, em Buenos Aires Lawn Tennis Club, Buenos Aires - saibro
Argentina: Diego Schwartzman, Federico Delbonis, Sebastián Báez, Horacio Zeballos e Máximo González
República Tcheca: Tomas Machac, Jiri Lehecka, Zdenek Kolar e Vit Kopriva

Finlândia x Bélgica, em Espoo Metro Arena, Espoo - sintético coberto
Finlândia: Emil Ruusuvuori, Otto Virtanen, Patrik Niklas-Salminen, Harri Heliovaara e Otso Martikainen
Bélgica: David Goffin, Zizou Bergs, Kimmer Coppejans, Sander Gille e Joran Vliegen

Austrália x Hungría, en Ken Rosewall Arena, Sydney - sintético
Austrália: Alex de Minaur, Alexei Popyrin, Thanasi Kokkinakis, Luke Saville e John Peers
Hungría: Marton Fucsovics, Zsombor Piros, Fabian Marozsan, Mate Valkusz e Peter Fajta

Noruega x Cazaquistão, em Oslo Tennis Arena, Oslo - sintético coberto
Noruega: Casper Ruud, Viktor Durasovic, Lukas Lilleengen, Herman Hoyeraal e Simon Bratholm
Cazaquistão: Alexander Bublik, Mikhail Kukushkin, Dmitriy Popko, Aleksandr Nedovyesov e Andrey Golubev

Suécia x Japão, em Helsingborg Arena, Helsingborg - sintético coberto
Suécia: Mikael Ymer, Elias Ymer, Dragos Madaras e Andre Goransson
Japão: Taro Daniel, Yasutaka Uchiyama, Yosuke Watanuki, Shintaro Mochizuki e Ben McLachlan

Coreia do Sul x Áustria, em Olympic Park Tennis Court, Seul - sintético coberto
Coreia do Sul: Soonwoo Kwon, Yunseong Chung, Jisung Nam, Seong Chan Hong e Minkyu Song
Áustria: Dennis Novak, Jurij Rodionov, Lucas Miedler, Alexander Erler e Philipp Oswald

Comentários