Notícias | Dia a dia | Australian Open
'Não foi fácil sofrer quebra sacando para o jogo', diz Bia
27/01/2022 às 00h24

Melbourne (Austrália) - A paulista Beatriz Haddad Maia já passou por muitos altos e baixos em sua carreira e na semifinal de duplas do Australian Open desta quinta-feira não foi diferente. Depois que ela e a cazaque Anna Danilina perderam um match-point no saque das japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, Bia foi sacar para o jogo e acabou quebrada, abrindo espaço para a reação das rivais.

Depois de perderem o segundo set, Bia e Danilina tiveram que se recompor para o terceiro e conseguiram fazê-lo, levando a melhor sobre as cabeças de chave 2 e garantindo lugar na final. Contudo, a canhota paulista reconhece que não foi moleza colocar a cabeça no lugar.

"Não foi fácil, para mim, sofrer uma quebra quando estava sacando para o jogo no segundo set, podendo chegar à minha primeira final de Grand Slam. Eu senti isso. Mas assim como nas últimas partidas, que nós também passamos por momentos difíceis, só tentamos continuar. Essa partida foi muito especial para mim e estou muito feliz que teremos mais uma chance de fazer ainda melhor", disse Bia, na entrevista em quadra.

"É um momento muito especial. Foi um jogo muito mental. Acho que, no começo, todas nós estávamos um pouco nervosas e cometendo alguns erros. Acho que isso é normal. Tentamos fazer tudo o que estávamos fazendo nas últimas partidas, acho que nós demos tudo que podíamos", acrescentou a paulista de 25 anos.

Comentários