Notícias | Dia a dia | Australian Open
Medvedev salva match-point e marca grande virada
26/01/2022 às 10h29

Medvedev amplia a vantagem no histórico de confrontos contra Aliassime

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - A sobrevivência de Daniil Medvedev no Australian Open ficou por um fio. Bastante exigido pelo canadense Felix Auger-Aliassime nesta quarta-feira, o número 2 do mundo perdeu os dois primeiros sets e chegou a ficar a um ponto da eliminação nas quartas de final. Mas o russo conseguiu se recuperar na partida e superou o canadense, nono colocado no ranking, em um duelo de cinco sets, com parciais de 6/7 (4-7), 3/6, 7/6 (7-2), 7/5 e 6/4 em 4h42 de partida.

Medvedev mantém a escrita de nunca ter perdido para Aliassime no circuito, agora tendo vencido todos os quatro duelos entre eles. Atual campeão do US Open e vice na Austrália no ano passado, o russo de 25 anos busca sua quarta final de Grand Slam na carreira. Para isso, terá que superar o grego Stefanos Tsitsipas, número 4 do ranking. O histórico de confrontos é bastante favorável a Medvedev, que tem seis vitórias e duas derrotas contra Tsitsipas no circuito.

A vitória nas quartas de final também ajuda Medvedev a se aproximar de Novak Djokovic na luta pela liderança do ranking. O russo já defendeu 720 dos 1200 pontos do vice-campeonato do ano passado e precisa de mais uma vitória para não perder pontos. Já Djokovic, campeão em 2021 e fora do torneio este ano, perderá 2 mil pontos. Mas segundo a ATP esses descontos só acontecerão em 21 de fevereiro, quando se completa um ano da realização do torneio de 2021. Por ora, a tendência é que a diferença caia de 2.080 para 560 pontos após as devidas atualizações do ranking.

Já Aliassime encerra sua melhor campanha na Austrália em três participações, já que ele caiu na estreia em 2020 e nas oitavas em 2021. O jovem canadense de 21 anos e que ainda persegue seu primeiro título no circuito da ATP tem como melhor resultado em Grand Slam uma semifinal do US Open no ano passado, em que foi superado justamente por Medvedev. Ele também tentava igualar as melhores campanhas do país em Melbourne, as semifinais de Eugenie Bouchard em 2014 e Milos Raonic em 2016.

Saque e variações funcionaram para o canadense no início
Desde a confirmação do confronto após a rodada de oitavas de final, Aliassime já havia falado sobre suas estratégias para a partida desta quarta-feira. O canadense sabia que precisaria sacar bem e apostaria em variações de jogo para quebrar um pouco o ritmo do russo nos ralis de fundo de quadra. Ele também observou o jogo de Medvedev na fase anterior, em que o vice-líder do ranking teve dificuldades contra o saque e voleio do norte-americano Maxime Cressy. Por isso, tratou de repetir a tática em situações pontuais do jogo.

No início da partida, Aliassime cuidou muito bem dos games de saque. Até o empate por 5/5, o canadense não havia enfrentado break-points e perdido apenas cinco pontos em seu serviço. Também teve sucesso na tentativa de arriscar algumas bolas mais altas e sem peso, além de também testar alguns slices, o que levou o russo a cometer um número maior de erros não-forçados e tornava os ralis longos mais equilibrados. O canadense conseguiu a primeira quebra na partida para fazer 6/5, perdeu a chance de sacar para o set, mas definiu a parcial no tiebreak. Ele fez 13 a 11 em winners no set e cometeu 18 erros contra 14 de Medvedev.

A vantagem de Aliassime ficou ainda maior depois de um set com ótimo desempenho no saque. Ele disparou seis aces no segundo set e perdeu apenas quatro pontos em seus games de serviço. Além disso, fez 15 a 4 na estatística de winners. Logo no início do set, conseguiu uma quebra de serviço e já largou com 3/0. E sem correr riscos em seu serviço, arriscava o saque e voleio em alguns momentos dos games. O canadense soube sustentar a vantagem até o fim do set. 

Canadense teve chances no 3º e no 4º set
Medvedev foi ao vestiário no intervalo entre o segundo e o terceiro set. A parcial teve o domínio dos sacadores, que prevaleceram sem sofrer quebras. O russo precisou salvar um break-point ainda no começo do set, enquanto Aliassime seguia confirmando seus serviços sem correr riscos. Com o placar empatado por 4/4, o vice-líder do ranking escapou de um 0-40 para manter o saque. Já no 5/5, mais problemas para o russo, que encarou um 30-iguais. O canadense não enfrentou nenhum break-point no set, mas jogou mal no tiebreak e acabou perdendo a parcial. Houve ainda uma breve interrupção por chuva para o fechamento do teto da Rod Laver Arena.

Aliassime continuou com ótimo desempenho no saque durante o quarto set e confirmou quatro games de serviço sem correr riscos. Já quando o placar estava empatado por 4/4, escapou da única chance de quebra que enfrentou em toda a parcial. No game seguinte, Medvedev fez uma dupla falta no 30-iguais, e com isso Aliassime chegou ao match-point. Mas o canadense sequer teve a oportunidade de efetivamente disputar o ponto, já que o russo sacou muito bem e ganhou confiança para conquistar uma nova quebra e empatar o jogo. À essa altura da partida, o número 2 do mundo já era superior no jogo e tinha o controle da maioria dos ralis disputados do fundo de quadra.

Russo conseguiu apenas sua terceira vitória em cinco sets
Ao iniciar a parcial decisiva, Medvedev buscava sua segunda virada vindo de dois sets abaixo. A primeira aconteceu contra Marin Cilic na grama de Wimbledon, no ano passado. Além disso, o russo tentava reverter o incômodo histórico em nove partidas definidas no quinto set. Ele conquistou apenas sua terceira vitória em dez jogos nessas condições, enquanto Aliassime segue com três triunfos, agora com duas derrotas.

O quinto set começou com o canadense confirmando o saque e criando três break-points, que poderiam deixá-lo com 2/0 no placar. Mas Medvedev confirmou o saque com dificuldade e logo depois conseguiu a quebra para fazer 3/1 no placar. Aliassime chegou a pedir atendimento médico para o pé direito, mas voltou à quadra e jogou bem. O canadense até criou mais três break-points, mas não conseguiu aproveitá-los. Com isso, Medvedev venceu a batalha de cinco sets e sobreviveu na competição.

Comentários