Notícias | Dia a dia | Australian Open
Berrettini triunfa em 5 sets e desafia Nadal na semi
25/01/2022 às 10h46

Berrettini é o primeiro italiano a disputar uma semifinal de Australian Open

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Cada vez mais confiante em quadra, Matteo Berrettini venceu seu quinto jogo no Australian Open e garantiu vaga na semifinal em Melbourne. O italiano, número 7 do mundo, começou muito bem a partida desta terça-feira o francês Gael Monfils, mostrando segurança nos games de serviço. Mas precisou de cinco sets para superar o 20º do ranking, por 6/4, 6/4, 3/6, 3/6 e 6/2 em 3h49 de partida. 

Aos 25 anos, Berrettini faz sua quinta participação no Australian Open e já tem sua melhor campanha no torneio. O italiano disputará sua terceira semifinal de Grand Slam e busca sua segunda final em torneios deste porte, depois de ter ficado com o vice-campeonato em Wimbledon no ano passado. Seu próximo adversário é Rafael Nadal. O espanhol venceu o único duelo anterior, também em uma semifinal de Slam, no US Open de 2019.

Este é o segundo jogo definido no quinto set para Berrettini neste Australian Open. Na terceira rodada, ele protagonizou uma batalha contra o jovem espanhol Carlos Alcaraz, definida apenas no tiebreak decisivo. Ele vinha de um 3 a 0 sobre o espanhol Pablo Carreño Busta nas oitavas. Já nas duas primeiras rodadas do torneio, venceu por 3 sets a 1 os jogos contra os norte-americanos Brandon Nakashima e Stefan Kozlov.

Berrettini também se torna o primeiro italiano a disputar uma semifinal de Australian Open. E esse número pode aumentar, caso o jovem de 20 anos e número 10 do mundo Jannik Sinner vença seu jogo contra Stefanos Tsitsipas na quarta-feira. 

Por sua vez, o agora eliminado Monfils ainda não havia perdido sets no torneio antes de encarar o italiano pelas quartas. O francês de 35 anos igualou sua melhor campanha na Austrália, feita em 2016, e buscava sua terceira semi de Slam.

Berrettini venceu os dois primeiros sets da partida
Berrettini fez um primeiro set praticamente perfeito no saque. Ele abriu vantagem logo cedo, em um game com uma dupla falta e dois erros de Monfils para conseguir a única quebra de toda a parcial. O italiano disparou cinco aces no set, um deles no único break-point que enfrentou na parcial, quando sacava para fechar. Berrettini fez 15 a 7 em winners e cometeu apenas cinco erros contra 10 do francês.

Apesar de o placar do segundo set ser igual ao do primeiro, a parcial foi muito mais longa. Enquanto o set inicial durou 36 minutos, o segundo teve 1h02. Muito por conta de um game de saque de 20 minutos de Berrettini, em que o italiano teve que salvar três break-points. Mas Monfils efetivamente mal pôde disputar os pontos, definidos quase sempre no saque ou na primeira bola do adversário. Até saque e voleio Berrettini tentou e teve sucesso.

O francês começou o segundo set também salvando três break-points e ainda mudou um pouco o posicionamento nas devoluções para tentar pressionar o rival. Já no sétimo game, Berrettini conseguiu finalmente uma nova quebra e sustentou a vantagem até o fim do set. As estatísticas foram mais equilibradas, com 14 a 11 em winners para o italiano, que cometeu 16 erros contra 15 de seu adversário. Monfils também passou a forçar mais o saque e fez 5 a 3 em aces, com quatro duplas faltas.

Monfils reagiu com ótimo desempenho no saque
Monfils reagiu no terceiro set, escapando dos três break-points que enfrentou e quebrando o serviço do italiano pela primeira vez no jogo para abrir 4/2 e sustentar a vantagem até o fim, sem ter o saque novamente ameaçado. O francês fez 4 a 0 em aces e 11 a 5 em winners. Já no quarto set, o francês só perdeu quatro pontos em seus games de serviço, e colocou Berrettini sob constante pressão, especialmente no segundo saque. Com isso, criou sete break-points e conseguiu duas novas quebras para empatar o jogo.

Italiano abriu 4/0 no início do último set
Berrettini foi ao vestiário no intervalo entre o quarto e o quinto set. Na volta, rapidamente recuperou a vantagem e conseguiu duas quebras de serviço contra Monfils, abrindo 4/0 na parcial decisiva. O italiano voltou a sacar muito bem e só perdeu quatro pontos nos games de serviço do último set para confirmar a vitória. Monfils chegou a liderar a contagem de aces por 15 a 12, enquanto Berrettini fez 51 a 48 em winners e cometeu 50 erros contra 51 do rival.


Comentários