Notícias | Dia a dia
Candiotto cai na estreia de duplas e se despede do AO
24/01/2022 às 07h01

Candiotto foi a única brasileira a disputar o juvenil do Australian Open este ano

Foto: Luiz Candido/CBT

Melbourne (Austrália) - A participação brasileira no torneio juvenil do Australian Open chegou ao fim nesta segunda-feira com a eliminação de Ana Candiotto na primeira rodada de duplas. Candiotto e a taiwanesa Yu-Yun Li perderam para a as australianas Charlotte Kempenaers-Pocz e Taylah Preston por 6/1, 1/6 e 10-6.

Paulista de 17 anos e atual 109ª colocada no ranking mundial juvenil, Candiotto também havia sido superada na estreia de simples. Ela fez sua segunda participação em um Grand Slam na categoria, tendo atuado também na chave de Roland Garros em 2020.

Antes de jogar em Melbourne, Candiotto disputou um torneio preparatório em Tralagon, também na Austrália, onde chegou às oitavas de simples e às quartas de duplas, ao lado de Li. Ela também já tem nove pontos no ranking profissional, ocupando atualmente o 1.282º lugar no ranking da WTA.

Na história, seis juvenis brasileiras já disputaram o Australian Open. As melhores campanhas foram segundas rodadas da pioneira Roberta Caldas em 1985 e repetida por Beatriz Haddad Maia em 2013 e Luísa Stefani em 2015. Entre os meninos, evidente destaque para o título do alagoano Tiago Fernandes em 2010.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva