Notícias | Dia a dia
Djokovic faz peregrinação durante ausência no AO
24/01/2022 às 01h36

Belgrado (Sérvia) - O sérvio Novak Djokovic afirmou que não fará comentários públicos até que o Aberto da Austrália termine. Neste período, o número 1 do mundo vem tentando se manter afastado da mídia, mas não conseguiu escapar dos olhos do público esta semana. Segundo informa o Tennis Majors, ele foi visto pela primeira vez no dia da Epifania (19 de janeiro) na Igreja Ortodoxa Ruzica, perto de Kalemegdan, uma fortaleza no centro de Belgrado.

Djokovic passou algumas horas no Novak Tennis Center antes de partir para Tivat, uma pequena cidade em Montenegro que costuma ser seu refúgio, na quinta-feira. Na sexta-feira, ele visitou o Mosteiro Ostrog, localizado a 50 quilômetros da capital Podgorica, um dos lugares sagrados para os cristãos ortodoxos, situado em um fundo quase vertical nas montanhas, tranquilo e com natureza ao redor.

Mesmo muito assediado durante sua visita, Djokovic conseguiu um pouco de paz quando se encontrou com Joanikije II, Bispo Metropolitano de Montenegro, e falou com ele e outros monges. “Depois de visitar os santuários do mosteiro, passamos mais tempo com o nosso querido hóspede na sala de jantar”, disse o bispo em comunicado.

“Conversamos sobre tudo o que aconteceu ultimamente, as tribulações pelas quais Novak está passando no último mês. O bispo metropolitano de Montenegro desejou que Novak voltasse às quadras o mais rápido possível, para que ele possa continuar fazendo coisas com as quais ele celebrou não apenas a si mesmo, mas seu povo e sua nação”, complementou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva