Notícias | Dia a dia
Após 6 meses, Tsonga volta em challenger francês
23/01/2022 às 22h57

Quimper (França) - Afastado do circuito desde o final de junho do ano passado, quando foi eliminado logo na primeira rodada de Wimbledon, o francês Jo-Wilfried Tsonga se recuperou da lesão na panturrilha e voltará às competições na próxima semana no challenger de Quimper, onde jogará com convite da organização e enfrentará o suíço Marc-Andrea Huesler na primeira rodada.

“Quimper é a melhor escolha para voltar. Não ganhei convite para jogar na Austrália, pois eles preferiram dar a alguém mais jovem do que eu. Para mim, a temporada começa aqui. Estou feliz por voltar às quadras e me dar nova chance. Será um grande desafio, mas eu não vim para perder e vou dar tudo o que tenho”, afirmou o francês de 36 anos para o Le Télégramme.

Ex-top 5, Tsonga ocupa apenas a 260ª colocação no momento, mas acredita que possa se recuperar no ranking. “Meu objetivo é tentar encontrar um nível alto, ou seja, poder desafiar os bons jogadores do circuito. Fisicamente me sinto melhor do que há seis meses, mas não tenho certeza como está meu jogo, faz muito tempo que não jogo em alto nível. Eu mal me lembro”, disse o francês aos risos.

“Voltei a ficar de pé há dois meses. Fiz quatro jogos no final de dezembro nas exibições de Bourg-de-Péage e depois de Rouen. Senti-me muito bem contra quatro jogadores do top 100, mas essas partidas também não significam muito”, comentou Tsonga, que obteve vitórias contra Tallon Grieskpoor, Pablo Andujar e Richard Gasquet, e perdeu uma para Alex de Minaur.

“Esses jogos me motivam, porque significam que posso competir com esses jogadores. Ainda não consigo estimar o nível real. Minha classificação atual não é muito indicativa. Seria preciso perguntar a esses últimos oponentes. De qualquer forma, estou motivado”, finalizou o veterano francês.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva