Notícias | Dia a dia | Australian Open
Mannarino vence Karatsev após 4h40 e desafia Nadal
21/01/2022 às 12h45

Aos 33 anos, Mannarino faz o melhor resultado da carreira na Austrália

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - No jogo que encerrou a programação desta sexta-feira no Australian Open, o experiente francês Adrian Mannarino eliminou o russo Aslan Karatsev e garantiu seu lugar nas oitavas de final da competição. O duelo foi marcado pelo equilíbrio, com dois tiebreaks e 4h40 de duração. Mannarino venceu a disputa com parciais de 7/6 (7-4), 6/7 (4-7), 7/5 e 6/4. A partida avançou pela madrugada em Melbourne, terminando por às 2h33 da manhã de sábado, pelo horário local.

Aos 33 anos, Mannarino faz sua 13ª participação no Australian Open e chega pela primeira vez às oitavas. Até então, suas melhores campanhas haviam sido até a terceira rodada em 2018 e também no ano passado. Ele também iguala as melhores campanhas da carreira em Grand Slam, alcançadas na grama de Wimbledon em três oportunidades.

No próximo domingo, Mannarino terá a missão de desafiar o número 5 do mundo Rafael Nadal. O espanhol venceu os dois duelos anteriores, o primeiro ainda em 2016 em Pequim e o segundo no Masters 1000 de Paris de 2019. Por sua vez, o atual 69º do ranking busca a oitava vitória contra top 10 na carreira.

O resultado desta sexta-feira também elimina Karatsev do Australian Open. O russo de 28 anos e número 15 do mundo foi a principal surpresa do torneio no ano passado, quando saiu do quali e foi até a semifinal, sendo superado apenas pelo número 1 do mundo Novak Djokovic. Na ocasião, Karatsev ocupava apenas o 114º lugar do ranking. Desde então, o russo seguiu em franca evolução no circuito e conquistou na semana passada seu terceiro título de ATP em Sydney.

O primeiro set da partida foi inteiramente sem quebras. Mannarino escapou de dois break-points ainda no início, mas não conseguiu ameaçar o serviço de Karatsev em nenhum momento antes do tiebreak. Mas no game-desempate, o francês conseguiu dois pontos importantes no saque do adversário. Os sacadores prevaleciam até o 5/5 do segundo set, quando Karatsev quebrou de zero, mas não aproveitou a chance de sacar para fechar. Ainda assim, conseguiu vencer a parcial no tiebreak.

Cinco quebras de serviço aconteceram no terceiro set, inclusive quatro seguidas. Karatsev, que começou a parcial escapando de três break-points em um game muito longo, foi o primeiro a abrir vantagem, chegando a liderar por 3/1 e depois por 4/2, mas Mannarino reagiu na reta final do set. Já na quarta parcial, o francês criou nove break-points e aproveitou um deles, escapando das três chances que o rival teve de devolver a quebra. Karatsev fez 16 a 11 em aces e 77 a 32 em winners, mas cometeu 86 erros não-forçados contra apenas 22 do francês.

Comentários