Notícias | Dia a dia | Australian Open
Soares diz que a gripe atrapalhou pré-temporada
19/01/2022 às 14h40

Soares e Murray venceram o primeiro jogo do ano nesta quarta-feira em Melbourne

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - A vitória na estreia do Australian Open foi também a primeira na temporada para Bruno Soares e o parceiro britânico Jamie Murray. E logo após de ter vencido seu jogo desta quarta-feira em Melbourne, o mineiro falou sobre um diagnóstico de influenza, que teve na pré-temporada e que acabou afetando a preparação para a Austrália.

"A minha preparação para cá foi muito complicada depois de ter lidado com a influenza por três semanas, acabou comprometendo total a preparação, mas felizmente já estou 100% saudável. Por isso, infelizmente não vou jogar mistas. O meu corpo ainda está um pouco baqueado e achei que ia ser muito pesado jogar dois eventos, então resolvi focar só na dupla até eu recuperar a energia e imunidade", disse Bruno Soares após a vitória sobre os australianos James Duckworth e Marc Polmans por 6/3 e 6/2.

O experiente jogador de 39 anos e atual 16º no ranking dos especialistas em duplas destacou o bom desempenho na estreia. "Foi uma bela estreia, muito feliz com a forma como a gente jogou. A gente treinou super bem por aqui e os adversários de hoje era bem difíceis, além das condições estarem também difíceis, com muito vento. Perdemos um jogo super duro em Sydney, mas jogando bem, então sabíamos que estávamos no caminho certo".

Soares e Murray são os cabeças de chave 8 em Melbourne e foram campeões do torneio em 2016. Eles enfrentam na próxima rodada o britânico Lloyd Glasspool e o finlandês Harri Heliovaara. Há chance de um duelo brasileiro contra Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig. Mas para isso, Soares precisa vencer seu próximo jogo, enquanto Melo e Dodig estreiam contra o francês Adrian Mannarino e o monegasco Hugo Nys, e depois enfrentariam os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini.

Comentários