Notícias | Dia a dia | Australian Open
Fernandez lamenta 'dia ruim', mas valoriza algoz
18/01/2022 às 14h40

Finalista do US Open, Fernandez não passou da primeira rodada em Melbourne

Foto: Jimmie48/WTA

Melbourne (Austrália) - Depois de ter feito uma grande campanha no US Open do ano passado, eliminando três top 10 no caminho para sua primeira final de Grand Slam, Leylah Fernandez não conseguiu repetir o mesmo desempenho no Australian Open e acabou se despedindo da competição ainda na primeira rodada. A jovem canadense de 19 anos e número 24 do mundo perdeu para a convidada local Maddison Inglis por 6/4 e 6/2 nesta terça-feira.

"Hoje não foi um bom dia. Cometi muitos erros. Vou dar crédito a Maddie, ela fez uma grande partida do começo ao fim. Infelizmente, não encontrei soluções para voltar ao jogo e forçar o terceiro set. Acontece. Eu estava me sentindo ótima, fisicamente e mentalmente eu estava muito bem. Estava realmente animada para jogar. Mas como disse, não era o meu dia hoje", disse Fernandez na entrevista coletiva após o jogo.

"Sei que Maddie é uma jogadora muito boa. Ela trabalha duro e luta por cada ponto, corre em todas as bolas. Infelizmente não joguei bem, enquanto ela fez uma boa partida hoje, e é isso. Já a vi jogar um pouco antes, nos ITFs profissionais quando eu estava começando, e ela joga um bom tênis. Como disse, ela corre para cada bola e luta o tempo todo", acrescentou a canadense, valorizando a grande partida de sua algoz. Inglis agora enfrenta a norte-americana Hailey Baptiste, que derrotou a francesa Caroline Garcia por 4/6, 7/6 (7-4) e 6/3.

Antes do Australian Open, Fernandez havia disputado apenas um torneio neste início de temporada e caído nas oitavas de final para a polonesa Iga Swiatek. A canadense diz que fez uma boa pré-temporada e lamentou que os resultados ainda não tenham aparecido. "Agora tenho que voltar para a quadra de treinos e me preparar para o próximo torneio, para depois ver como vai ser no próximo Grand Slam. É só continuar trabalhando duro e continuar encontrando soluções e melhorando meu jogo de tênis".

"Depois da temporada, tiramos uma folga. Queríamos ter um pouco de tempo longe do tênis, focar em mais tempo de qualidade com a família, o que definitivamente me ajudou. Isso me colocou na mentalidade certa para começar a pré-temporada a todo vapor. Fizemos uma boa pré-temporada. Nós trabalhamos duro e melhoramos meu jogo de tênis. Infelizmente não apareceu hoje, mas acontece. Antes desses torneios, eu estava extremamente feliz com a forma como estava progredindo e como estava treinando", complementou.

Fernandez também foi perguntada se ela tem mantido contato com a britânica Emma Raducanu, também de 19 anos e que a derrotou na surpreendente final do US Open de 2021. "Infelizmente ainda não conversamos. Nós duas estamos super ocupadas e nossas horas de treino são um pouco em cada lugar. É difícil cruzar os caminhos quando há tantas coisas para fazer. Nós apenas dissemos oi brevemente, feliz ano novo. É difícil parar e conversar".

Comentários