Notícias | Dia a dia | Australian Open
Recordista nacional, Melo chega ao 58º Grand Slam
17/01/2022 às 20h00

Melbourne (Austrália) - Pela 14ª temporada, o mineiro Marcelo Melo disputará o Australian Open e com isso atinge a notável marca de 58 torneios de Grand Slam ao longo da carreira. Ele é o tenista brasileiro com maior número de participações nos quatro maiores torneios do circuito, seguido por Bruno Soares, que chegará a 53.

Desde 2007 e até o ano passado, além dos 13 na Austrália, foram 15 vezes em Roland Garros, 14 em Wimbledon e 15 no US Open. Melo já comemorou dois títulos do maior naipe do circuito: Roland Garros em 2015, com o croata Ivan Dodig, e Wimbledon de 2017, junto ao polonês Lukasz Kubot.

Melo retoma neste ano a parceria no torneio com Dodig, com quem formou dupla no Australian Open de 2013 a 2016. Foram semifinalistas em 2015, no melhor resultado do mineiro em Melbourne. E Dodig busca mais um título no Grand Slam australiano: foi campeão no ano passado com o eslovaco Filip Polasek. Melo e Dodig voltaram a jogar juntos em outubro de 2021, após cinco anos.

Eles ganharam condição de cabeças de chave número 9 e aguardam a definição do dia de estreia. A partida da primeira rodada será diante do francês Adrian Mannarino e do monegasco Hugo Nys. Em 2021, ao lado do romeno Horia Tecau, Melo chegou até as oitavas de final.

A dupla está na Austrália desde o início deste mês, preparando-se para o Grand Slam. Em Adelaide, Melo e Dodig disputaram dois ATP 250, sendo finalistas no primeiro e semis no segundo, com cinco vitórias e boas atuações.

Além de Marcelo, mais três brasileiros disputam duplas no Australian Open este ano, todos no mesmo lado da chave: o também mineiro Bruno Soares e a parceria formada pelo gaúcho Rafael Matos e o paulista Felipe Meligeni, que pode vir a ser adversária de Melo e Dodig na segunda rodada.

Comentários