Notícias | Dia a dia | Australian Open
Osaka estreia bem e comanda vitórias das favoritas
17/01/2022 às 00h59

Melbourne (Austrália) - Atual campeã do Australian Open, a japonesa Naomi Osaka teve uma boa estreia na competição. Mesmo sem ser brilhante do começo ao fim, ela teve alguns bons momentos na vitória por 2 sets a 0 sobre a colombiana Maria Camila Osorio, anotando duplo 6/3 em 1h10. Ela espera pela vencedora do duelo entre a ucraniana Dayana Yastremska e a norte-americana Madison Brengle.

Voltando às quadras neste começo de ano após encerrar mais cedo a temporada de 2021, não competindo depois do US Open, a japonesa ainda busca seu melhor tênis, mas já deu mostras do que pode fazer. Ela anotou 19 bolas vencedoras e 28 erros não forçados contra Osorio, que teve apenas cinco winners e cometeu 15 erros não forçados.

O desempenho de Osaka no saque foi superior (67% contra 56%), mas ainda assim ela levou uma quebra. Contudo, a resposta veio com quatro break-points vencidos em seis disputados a seu favor. Na rede, a japonesa teve bom aproveitamento (60%), enquanto a rival colombiana perdeu o único ponto em que subiu à rede.

Sakkari, Svitolina e Bencic também avançam

As favoritas largaram bem nesta segunda-feira no Melbourne Park e assim como Osaka passaram pela estreia. Cabeça de chave 5, a grega Maria Sakkari despachou a alemã Tatjana Maria em sets diretos, com parciais de 6/4 e 7/6 (7-2). Ela enfrentará a quali chinesa Qinwen Zheng, que bateu a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich com 6/3, 1/6 e 7/6 (7-5).

Também seguiu adiante a 15ª pré-classificada Elina Svitolina, responsável pela eliminação da francesa Fiona Ferro com o placar final de 6/1, 7/6 (7-4). Na segunda rodada, a ucraniana terá pela frente outra francesa, Harmony Tan, algoz da cazaque Yulia Putintseva, contra quem anotou vitória por 2 sets a 0 e com duplo 6/3.

A suíça Belinda Bencic, 22ª mais bem cotada, teve uma adversária dura na estreia, mas conseguiu superar a francesa Kristina Mladenovic em dois sets, marcando parciais de 6/4 e 6/3. A atual campeã olímpica terá pela frente na chave a norte-americana Amanda Anisimova, que escapou da zebra e venceu a quali holandesa Arianne Hartono de virada, com placar final de 2/6, 6/4 e 6/3.

Comentários