Notícias | Dia a dia
Com grande virada, Marcondes vence seu 2º challenger
16/01/2022 às 14h23

Marcondes venceu dois challengers em Santa Catarina em pouco mais de um mês

Foto: Luiz Candido/CBT

Blumenau (SC) - A nova temporada do circuito começou para Igor Marcondes da mesma maneira como havia terminado o ano de 2021. Menos de um mês depois de vencer seu primeiro challenger, em Florianópolis, ele também foi campeão do ATP Challenger 50 de Blumenau, etapa do Circuito Dove Men+Care Legión Sudamericana, que foi disputado no Tabajara Tênis Clube. Representante brasileiro na final deste domingo, Marcondes superou neste domingo o argentino de 19 anos e 473º do ranking Juan Bautista Torres por 3/6, 7/5 e 6/1 em 2h19 de partida.

Marcondes, de 24 anos e 326º do ranking, disputou apenas a segunda final de challenger na carreira e venceu as duas. A campanha vitoriosa no torneio desta semana faz com que o canhoto paulista receba 50 pontos na ATP e entre no 300 do ranking pela primeira vez na carreira, além de se tornar o número 5 do Brasil. Ele ficará por volta do 280º lugar. Já o vice-campeão Torres disputou uma final inédita neste nível e recebe 30 pontos no ranking.

Nas duas primeiras rodadas, Marcondes venceu duelos nacionais contra o paulista Mateus Alves e o juvenil paranaense de 16 anos Matheus de Lima, sem perder sets em nenhum dos jogos. Ele venceu uma batalha de 3h20 nas quartas de final contra o norte-americano Nicolas Moreno de Alboran, algoz de Fernando Verdasco no dia anteriror, e também passou pelo argentino Genaro Olivieri na semifinal. O prêmio em dinheiro pelo título foi de US$ 7.200.

Veja como foi a final do challenger de Blumenau

Durante o primeiro set, Marcondes não conseguiu ameaçar o saque de Torres. O argentino sustentou toda a parcial sem enfrentar break-points e cedeu apenas seis pontos em seus games de serviço. Após um período de equilíbrio até o empate por 3/3, Torres encontrou o tempo das devoluções, especialmente com o backhand na paralela e conseguiu duas quebras seguidas no final do set. Não faltou luta ao paulista, que salvou cinco set-points.

Torres também foi o primeiro a quebrar no início do segundo set e abriu 3/1 no placar, mas depois teve um game com muitos erros não-forçados com o forehand. Marcondes aproveitou o momento para devolver a quebra e buscar o empate.

O público na quadra também teve a oportunidade de acompanhar de perto uma série de deixadinhas bem executadas de ambos os lados e manifestava seu apoio pelo jogador da casa. Quando perdia por 5/4, Marcondes sacou muito bem em momento de muita pressão e ganhou confiança para quebrar o serviço do argentino na sequência e depois fechar o set. 

No início do terceiro set, Marcondes sinalizava um pouco de desgaste e teve dificuldade para confirmar seu primeiro game de serviço, mas escapou de um 0-40 e ganhou confiança. Logo no game seguinte, conseguiu quebrar o saque do argentino para fazer 2/1. Torres pediu o tempo médico de três minutos, mas a paralisação do jogo não esfriou o tenista da casa que seguiu muito firme na partida e voltaria a quebrar dois games mais tarde, contando com uma dupla falta do adversário para liderar por 4/1. O paulista seguiu pressionando o segundo saque do rival para quebrar pela terceira vez no set e comemorar mais um título.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por CBT (@cbtoficial)

O Circuito Dove Men+Care La Legión no Brasil é realizado e organizado pela Confederação Brasileira de Tênis, com patrocínio de Dove Men+Care, Banco BRB, Wilson, Grupo La Pastina, W A Sport, Latam Airlines e BMW TopCar. Apoios do Tabajara Tênis Clube, Federação Catarinense de Tênis e Prefeitura Municipal de Blumenau. O torneio conta com a chancela da ATP.

A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio do Banco BRB, Patrocinador Master do Tênis do Brasil, da Wilson, da W A Sport, do Grupo La Pastina e da Maniacs Roupas Esportivas. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva