Notícias | Dia a dia
Bia: 'Título mostra que estou no caminho certo'
15/01/2022 às 12h45

Sydney (Austrália) - A conquista do maior título da carreira, na chave de duplas do WTA 500 de Sydney, traz bastante confiança para Beatriz Haddad Maia. Campeã neste sábado ao lado da cazaque Anna Danilina, Bia acredita que os bons resultados na semana podem impulsionar uma temporada ainda melhor no circuito. A número 1 do Brasil e 88ª do mundo segue para Melbourne e disputa o Australian Open a partir da próxima segunda-feira.

"Esse título representa que estou no caminho certo e que cada vez mais venho evoluindo o meu autocontrole e também crescendo no desenvolvimento pessoal. Eu me sinto preparada e motivada para o Australian Open", disse Bia Haddad Maia, após a vitória contra a húngara Panna Udvardy e a alemã Vivian Heisen em 4/6, 7/5 e 10-8 na final de duplas em Sydney.

Bia tem agora três títulos na elite do circuito. Os outros dois foram no WTA 250 de Bogotá, o primeiro em 2015, em parceria nacional com Paula Gonçalves, e o segundo em 2017, junto da argentina Nadia Podoroska. E como já havia dito na cerimônia de premiação, ela se lembra que a dupla com Danilina foi formada de última hora. Ainda assim, superaram favoritas durante a semana, como as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara e a parceria da canadense Gabriela Dabrowski com a mexicana Giuliana Olmos.

"A dupla com a Anna surgiu de última hora, eu jogaria com a Podoroska no Australian Open, mas ela acabou se machucando. Já aproveitei e chamei a Anna pra jogar em Sydney também e acabamos conseguindo criar uma energia bem bacana. O nosso jogo encaixou. Foi uma semana dura, contra jogadoras de alto nível e nos seguramos mentalmente nos momentos difíceis do jogo", comenta a paulistana de 25 anos.

Estreia contra jovem norte-americana no Australian Open
Com prioridade para o circuito de simples, Bia estreia no Australian Open contra a jovem norte-americana de 20 anos Katie Volynets, que vem do qualificatório e é a atual 178ª do mundo. As jogadoras se enfrentaram apenas uma vez, no quali de Wimbledon em 2021, com vitória de Volynets. Caso vença, Bia poderá enfrentar a romena Simona Halep, ex-número 1 e atual 15ª do ranking, na segunda rodada. Halep estreia contra a polonesa Magdalena Frech.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva