Notícias | Dia a dia
Krejcikova leva 'pneu', vira jogo maluco e faz final
14/01/2022 às 03h05

Sydney  (Austrália) - A primeira semifinal do WTA 500 de Sydney não poderia ter sido mais movimentada do que foi o duelo entre Barbora Krejcikova e Anett Kontaviet, respectivamente cabeças de chave 3 e 4. Atual campeã de Roland Garros, a tcheca saiu do buraco após levar um ‘pneu’ no primeiro set e salvou sete match-points na virada para cima da estoniana, fechando o jogo com parciais de 0/6, 6/4 e 7/6 (14-12).

Depois de gastar 2h30 para superar um duelo bastante complicado e assim se garantir na final, Krejcikova espera agora pela vencedora do confronto entre a espanhola Paula Badosa, quinta pré-classificada, e a russa Daria Kasatkina. A tcheca perdeu os dois confrontos anteriores com Badosa, mas tem vantagem contra Kasatkina, tendo vencido na única vez que se cruzaram.

Krejcikova até começou bem e pressionou o saque da rival no primeiro game da partida, mas deixou escapar os três break-points que teve. Kontaveit então deslanchou no placar, anotou três quebras seguidas, salvou mais um break-point neste intervalo e assim venceu todos os seis games do primeiro set.

A segunda parcial começou como a anterior, novamente com Kontaveit passando aperto com o saque e salvando mais quatro chances de quebra. Só que desta vez Krejcikova se manteve firme nos serviços e não foi ameaçada. A tcheca conseguiu mais dois break-points a seu favor no nono game e finalmente aproveitou um deles, que foi o suficiente para lhe dar o empate.

O equilíbrio apresentado no segundo set se manteve no terceiro, que teve uma quebra para cada lado e definição indo para o tiebreak. Mas por pouco Kontaveit não ficou com a vitória, perdendo três match-points no saque da rival. O desempate final foi bastante aberto e com chances para as duas. A estoniana teve mais quatro match-points e a tcheca teve cinco, levando a melhor ao fazer 14-12.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva