Notícias | Dia a dia
Kasatkina derruba Muguruza e joga 2ª semi do ano
13/01/2022 às 08h10

Kasatkina conseguiu sua vitória mais expressiva desde 2018 e encara Badosa na semi

Foto: Jimmie48/WTA

Sydney (Austrália) - O início de temporada de Daria Kasatkina segue com bons resultados. Depois de ter sido semifinalista de um WTA 250 em Melbourne na semana passada, a russa de 24 anos e 26ª do ranking garantiu também uma vaga na semi do WTA 500 de Sydney. Ela venceu nesta quinta-feira a espanhola Garbiñe Muguruza, número 3 do mundo, por duplo 6/4. Esta foi sua terceira vitória em seis jogos contra Muguruza no circuito.

Kasatkina tem agora nove vitórias contra jogadoras do top 5, mas ela não vencia uma adversária desse nível desde 2018, quando bateu Caroline Wozniacki em Roland Garros. Naquele ano, a russa também atingiu o melhor ranking de sua carreira, quando ocupou o décimo lugar em dezembro. Ela tem quatro títulos no circuito e busca a décima final na carreira.

"Estou fazendo uma preparação muito boa antes de um Grand Slam. É diferente jogar nas grandes quadras contra grandes jogadoras. Estou feliz com minha partida de hoje", disse Kasatkina na entrevista coletiva. "No início, talvez estivesse um pouco empolgada demais, queria muito vencer, mas no final consegui me controlar e tomei boas decisões. Fico feliz com o resultado. Com certeza, vai me dar confiança, porque ela acabou de ganhar o WTA Finals. Ok, foi seu primeiro torneio do ano, mas de qualquer forma, ela é uma jogadora incrível".

A adversária de Kasatkina na semifinal de Sydney será a espanhola Paula Badosa, número 9 do ranking, em duelo inédito no circuito, marcado para às 5h (de Brasília) desta sexta. Badosa, de 24 anos e dona de dois títulos no circuito, venceu a suíça Belinda Bencic por 7/6 (8-6), 3/6 e 6/3 em 2h35 de partida.

Lembrando que Bencic havia atuado mais cedo nesta quinta-feira, pelas oitavas de final, completando a vitória sobre a francesa Oceane Dodin por 2/6, 7/5 e 6/3. Esse jogo havia sido suspenso no dia anterior, por conta da chuva.

Kontaveit e Krejcikova na outra semifinal
Do outro lado da chave, dois jogos muito rápidos. A estoniana Anett Kontaveit, número 7 do mundo, só precisou disputar um set contra a tunisiana Ons Jabeur e venceu a parcial por 6/4 após 51 minutos de partida. Recém recuperada da Covid-19, Jabeur havia dito no início da semana que não se sentia 100% pronta para jogar, ainda mais porque não conseguiu fazer uma pré-temporada completa.

"Claro que não foi do jeito que eu quero ganhar. Espero que Ons se recupere e que ela esteja bem para a próxima semana", disse Kontaveit após a partida. "Mas é claro que estou feliz por estar na semifinal e também feliz com o nível no primeiro set. Apenas lamento que o jogo tenha terminado assim".

Kontaveit enfrenta na semifinal a tcheca Barbora Krejcikova, número 4 do mundo e campeã de Roland Garros, que marcou 6/0 e 6/2 contra a francesa Caroline Garcia em 1h10. A estoniana venceu o único duelo anterior contra a tcheca, válido pelo WTA Finals do ano passado. O reencontro será às 23h30 (de Brasília) desta quinta-feira.

"Vai ser um jogo difícil. Ela está jogando muito bem e teve boas vitórias", avaliou a estoniana. "Estou realmente ansiosa pelo desafio de jogar contra outra top 10. Estou feliz por estar me colocando nessas situações e conseguindo boas partidas e tempo de qualidade em quadra".

A perspectiva de Krejcikova para o confronto é parecida. "Eu estava me sentindo bem em quadra. Acho que eu estava jogando sólida hoje e a cada partida estou ficando cada vez melhor. Acho que vai ser uma grande partida. Sim, Anett, ela está em grande fase, mas estou ansiosa para jogar contra ela e ver onde está meu nível agora e como foi a pré-temporada".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva