Notícias | Dia a dia
Monteiro mira melhor ranking e 3ª semi de ATP
12/01/2022 às 13h01

Monteiro pode se aproximar do top 70 em caso de vitória

Foto: Arquivo

Adelaide (Austrália) - Classificado para as quartas de final do ATP 250 de Adelaide 2, Thiago Monteiro mira duas marcas importantes caso continue avançando no último torneio preparatório para o Australian Open. O número 1 do Brasil e 83º do mundo tenta alcançar sua terceira semifinal no circuito e pode superar o melhor ranking de sua carreira. Ele entra em quadra na madrugada desta quinta-feira, por volta de 0h30 (de Brasília) para enfrentar Corentin Moutet, 115º do ranking.

Monteiro entrou no torneio como lucky-loser, mas aproveitou a segunda chance que teve e já conseguiu duas vitórias na chave principal. Com isso, ele está fazendo 51 pontos no ranking e está ganhando cinco posições. Se o cearense vencer mais uma, fará mais 45 pontos, chegando a 96 no total, e se aproxima do top 70. Seu recorde pessoal no ranking foi o 74º lugar.

Além disso, o canhoto de 27 anos busca mais uma semifinal de ATP. A primeira foi alcançada ainda no ano de 2018, no saibro de Quito, já a mais recente aconteceu em fevereiro do ano passado, em outro torneio preparatório para o Australian Open. Lembrando que os 90 pontos alcançados há 11 meses só caem no dia 7 de fevereiro.

Vitória sobre Monfils nas oitavas em Adelaide

Para chegar às quartas de final, Monteiro superou nesta quarta-feira o francês Gael Monfils. O brasileiro liderava o placar por 6/7 (2-7), 6/3 e 1/0 quando o rival abandonou por lesão no pescoço após 1h57. "Foi um jogo muito parelho, com dois sets muito duros e quase duas horas. Ele acabou desistindo no começo do terceiro set, foi até inesperado ali no momento. Desejo melhoras para o Monfils e que ele possa estar recuperado para jogar no Australian Open. Ele é um cara que todo mundo gosta de ver jogar e que também está numa grande fase. É sempre muito legal ver ele em quadra"

"Eu me mantive focado nas coisas que eu tinha que fazer. Tive que impor um ritmo muito alto, uma dificuldade grande de jogo e aproveitar as chances que apareceram para fazer ele sentir esse desgaste. Foi uma partida que me deu confiança e que indicou que joguei num nível alto e numa consistência de jogo boa", continuou o jogador de 27 anos, que marcou sua segunda vitória em três jogos contra Monfils.

Duelo com Moutet nas quartas de final
O histórico de Monteiro contra Moutet marca duas vitórias brasileiras por torneios menores, enquanto o francês de 22 anos venceu uma partida no ATP de Córdoba em 2020. "Vai ser muito duro contra o Moutet. Ele está voltando a jogar em grande nível e passou por duas rodadas teoricamente duras de um modo fácil. É um cara que tem um estilo de jogo complicado, com muitas variações e curtinhas, que te faz entrar no jogo dele e também te faz se sentir mal em quadra. Vou precisar dominar e impor o meu ritmo".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva