Notícias | Dia a dia
Barty acaba com escrita de Swiatek e vai à decisão
08/01/2022 às 07h44

Adelaide (Austrália) - Atual campeã do WTA 500 de Adelaide, a polonesa Iga Swiatek não sabia o que era perder no torneio até este sábado, quando cruzou com a número 1 do mundo Ashleigh Barty nas semifinais. A tenista da casa deu mais um sinal de força e venceu com autoridade, marcando parciais de 6/2 e 6/4, depois de 1h27 de partida.

Finalista também nas duplas, Barty terá pela frente na decisão de simples a cazaque Elena Rybakina, sétima favorita, que na outra semifinal do dia também triunfou em sets diretos, derrubando a japonesa Misaki Doi com o placar final de 6/4 e 6/3. Será a terceira vez que as duas se cruzam, com vitória da australiana no Australian Open de 2020 e depois um w.o. de Rybakina em Doha, no mesmo ano.

Depois de anotar seu recorde de aces em uma partida, na qual perdeu apenas um ponto com o primeiro serviço, Barty voltou a sacar bem, embora não tenha obtido os mesmos números tão expressivos. Ela venceu 73% dos pontos de serviço e não foi quebrada uma vez sequer, salvando os dois break-points que encarou. Do outro lado, Swiatek teve 57% de aproveitamento com o saque e foi quebrada três vezes.

Barty mostrou novamente por que é a líder do ranking, chegando à 20ª vitória sobre uma top 20 desde o começo da temporada de 2020. Neste mesmo período a australiana perdeu apenas três jogos para adversárias nesta faixa de ranking, para a norte-americana Sofia Kenin (Australian Open de 2020), para a tcheca Petra Kvitova (Doha 2020) e para a bielorrussa Aryna Sabalenka (Madri 2021).

No primeiro set contra Swiatek, a tenista da casa demorou a deslanchar e inclusive foi a primeira a enfrentar um break-point, se salvando no quarto game. Depois disso, ela anotou duas quebras seguidas e fechou o primeiro set. No segundo set, Barty obteve uma quebra solitária no terceiro game, que foi o suficiente para levá-la ao triunfo.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva