Notícias | Dia a dia
Dimitrov salva 2 match-points para chegar à semi
07/01/2022 às 10h50

Dimitrov não disputa uma final desde 2018 em Roterdã

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Pelo segundo dia seguido, Grigor Dimitrov venceu uma partida de virada pelo ATP 250 de Melbourne. Depois de ter passado pelo argentino Facundo Bagnis na estreia, o búlgaro superou nesta sexta-feira o holandês Botic van de Zandschulp por 6/7 (5-7), 6/0 e 7/5 para garantir seu lugar na semifinal do torneio.

Dimitrov chegou a salvar dois match-points na partida no momento em que Van De Zandschulp sacava para o jogo no terceiro set. O holandês chegou a liderar a parcial decisiva por 5/2, mas o búlgaro reagiu e terminou o jogo vencendo cinco games seguidos. O duelo teve 2h44 de duração.

Terceiro cabeça de chave em Melbourne e número 28 do mundo, Dimitrov está com 30 anos e amarga um jejum de títulos que vem desde o ATP Finals de 2017. Além disso, o ex-número 3 do mundo não disputa uma final desde 2018 em Roterdã. Ainda assim, o búlgaro tem bom histórico na Austrália, já venceu um ATP em Brisbane e disputou uma semifinal do Australian Open, além de chegar outras três vezes às quartas.

O adversário de Dimitrov na semifinal será o norte-americano Maxime Cressy, que veio do quali e faz sua melhor campanha em torneios da ATP. Cressy, de 24 anos e atual 112º do ranking, já havia eliminado o cabeça 2 Reilly Opelka nas oitavas e superou nas quartas o espanhol Jaume Munar por 7/6 (7-3) e 6/4.

A primeira semifinal em Melbourne será a partir de 1h da manhã (de Brasília) deste sábado. Mais tarde, por volta de 7h, será a vez de Rafael Nadal entrar em quadra. O espanhol encara o finlandês Emil Ruusuvuori.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva