Notícias | Dia a dia
Azarenka derruba Badosa, Swiatek também avança
04/01/2022 às 09h51

Adelaide (Austrália) - No principal jogo desta terça-feira no WTA 500 de Adelaide, a bielorrussa Victoria Azarenka se vingou da derrota sofrida na final de Indian Wells no ano passado e anotou uma firme vitória para cima da espanhola Paula Badosa, derrubando a atual número 8 do mundo em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2, em apenas 1h17 de jogo.

Cabeça de chave 4, Badosa não foi bem com o saque e venceu somente 45% dos pontos disputados, apesar do bom aproveitamento com o primeiro serviço, colocando 70,6% deles dentro de quadra. A espanhola sofreu cinco quebras no decorrer da partida e conseguiu aproveitar dois dois três break-points que teve contra Azarenka.

O próximo obstáculo no caminho da bielorrussa será a tenista da casa Priscila Hon, que surpreendeu a tcheca Petra Kvitova na primeira rodada. Convidada da organização, a australiana de 23 anos é apenas a 263ª colocada no ranking da WTA.

Assim como Kvitova, outra que se despediu logo de cara na competição foi a ucraniana Elina Svitolina, que não fez valer a condição de oitava mais bem cotada e perdeu para a russa Anastasia Gasanova de virada, com parciais de, 5/7, 6/4 e 6/3.

Atual campeã Swiatek supera a estreia

A polonesa Iga Swiatek, defendendo o título conquistado no ano passado, largou bem em Adelaide e despachou a australiana Daria Saville, vinda do qualificatório, em sets diretos, com o placar final de duplo 6/3. A cabeça de chave 5 venceu 64% dos pontos com o saque e 54% com a devolução, aproveitou cinco dos oito break-points que teve e foi quebrada duas vezes.

Na segunda rodada, a polonesa terá um interessante desafio contra a jovem canadense Leylah Fernandez, atual vice-campeã do US Open, que na estreia derrotou a russa Ekaterina Alexandrova por 2 sets a 0. Será a primeira vez que Swiatek medirá forças com a rival de apenas 19 anos no circuito.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva