Notícias | Dia a dia
Murray volta à Austrália três anos após 'despedida'
30/12/2021 às 11h07

Murray já treina nas dependências do Melbourne Park

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Três anos depois de ter feito um 'jogo de despedida' contra Roberto Bautista Agut durante o Australian Open de 2019 e de receber muitas homenagens dos fãs e de outros colegas do circuito, Andy Murray voltará a disputar o Grand Slam australiano em 2022. O britânico recebeu convite para a chave principal e já começou a treinar nas dependências do Melbourne Park.

Ex-número 1 do mundo, Murray está com 34 anos e ocupa o 134º lugar do ranking da ATP. Ele passou por duas cirurgias no quadril, motivo pelo qual chegou a anunciar aposentadoria antes de conseguir retornar às quadras no segundo semestre daquele ano. Uma lesão na virilha forçou sua desistência do Australian Open de 2020, enquanto um exame positivo para Covid-19 o tirou do torneio em 2021.

"Estou muito animado por voltar a jogar o Australian Open e agradeço ao Craig [Tiley, diretor do torneio] e sua equipe pela oportunidade. Tenho ótimas lembranças da Austrália e de jogar diante de grandes torcidas. Não posso esperar para voltar a entrar em quadra no Melbourne Park", disse Murray, que busca um título inédito na Austrália, onde já foi cinco vezes vice-campeão.

Antes de embarcar para Melbourne, o britânico tomou a terceira dose da vacina e reforçou sua proteção contra a Covid-19. Por meio das redes sociais, agradeceu aos profissionais de saúde e ironizou as teorias da conspiração sobre o imunizante.

"Já injetei o meu terceiro microchip hoje! Brincadeiras à parte, a ciência é o máximo! Muito obrigado aos cientistas, aos médicos e demais profissionais de saúde pelo trabalho incrível que vocês estão fazendo!"

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva