Notícias | Dia a dia
Carol entra no quali da Austrália e joga seu 1º Slam
27/12/2021 às 08h34

Carol Meligeni se junta a Bia Haddad Maia e Laura Pigossi no Grand Slam australiano

Foto: Luiz Candido/CBT

Melbourne (Austrália) - A vaga de Carolina Meligeni Alves no qualificatório do Australian Open foi confirmada na manhã desta segunda-feira. Número 3 do Brasil e 250ª do mundo no ranking de simples da WTA, ela se junta a Laura Pigossi, 191ª, na disputa do quali. Outra atleta nacional em Melbourne será Beatriz Haddad Maia, 83ª, que entra diretamente na chave principal.

No último sábado, Carol Meligeni estava a uma desistência de entrar no quali após a definição dos convites para a chave principal. Já nesta segunda-feira, a argentina Nadia Podoroska, número 84 do mundo, acabou retirando seu nome da lista de inscrições por motivo de lesão. Com isso, a francesa Harmony Tan entrou na chave, enquanto Carol vai disputar o quali. 

A paulista de 25 anos terá sua primeira oportunidade em um Grand Slam como profissional. Ela iniciou a temporada ocupando o 368º lugar do ranking e atingiu a melhor marca da carreira no início de dezembro, quando chegou à 245ª posição. Ao longo do ano, conseguiu 50 vitórias e 32 derrotas, impulsionada pelo grande número de torneios no saibro sul-americano no segundo semestre e pelo aumento na pontuação dos torneios do circuito da ITF.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Carolina Meligeni Alves (@carolmeli)

"Muito bom saber que já estou garantida no quali do Australian Open, meu primeiro Grand Slam, e começar o ano com esse grande desafio", disse Carol Meligeni, que embarcou já nesta segunda-feira para a Austrália, ao lado do treinador Luiz Peniza. Antes de atuar em Melbourne, ela disputa o quali do ITF W60+H de Traralgon.

"Hoje alcancei o primeiro grande objetivo da minha carreira. Pode parecer pouco, mas a verdade é que estou muito orgulhosa do meu caminho ate aqui", escreveu a tenista em suas redes sociais. "Obrigada aos envolvidos, nada se faz sozinha. Não vou dizer que é só o começo, porque não é, isso começou há muito tempo e é mais um pedacinho do meu caminho. Vou continuar trabalhando duro e curtindo o processo todo".

A desistência de Podoroska, que não joga desde o US Open, acabou impactando também a situação de Bia Haddad Maia no torneio. Isso porque as duas sul-americanas jogariam juntas o torneio de duplas em Melbourne. A argentina está tratando de uma lesão no posterior da coxa direita, mas relata sentir dores desde março e de ter feito tratamento também para as costas.

Ainda nesta segunda-feira, a sérvia Olga Danilovic também desistiu do qualificatório do Australian Open, dando lugar à norte-americana Hanna Chang.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva