Notícias | Dia a dia
Após convites, Carol fica a uma desistência do AO
25/12/2021 às 10h04

Carol Meligeni pode se juntar a Bia Haddad Maia e Laura Pigossi na Austrália

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - As recentes desistências do Australian Open e as definições dos primeiros convites para a chave principal ajudaram Carolina Meligeni Alves a ficar muito próxima de seu objetivo de disputar o qualificatório para o Grand Slam australiano. Isso porque algumas dessas jogadoras inicialmente estariam no quali e acabaram abrindo novas vagas, deixando a brasileira a uma desistência de entrar.

Entre as australianas já convidadas, duas estariam na lista do quali: Storm Sanders, 131ª do ranking, e Maddison Inglis, 140ª colocada. Também foram convidadas a francesa Diane Parry, 114ª, e a norte-americana Robin Anderson, 172ª. Essas vagas fazem parte do acordo de reciprocidade que o Australian Open tem com Roland Garros e o US Open.

Outro nome recentemente retirado da lista do quali é o da chinesa Xiyu Wang, canhota de 20 anos e 130ª do ranking. Ainda não há confirmação sobre um possível convite para ela, mas nos últimos anos, o Australian Open costuma reservar uma vaga na chave principal para tenistas da Ásia e do Pacífico. Wang chegou a ser convidada para jogar a edição de 2021 e não pôde por ter sido diagnosticada com Covid-19.

Com isso, a lista de jogadoras do quali acabou rodando e agora inclui a britânica Katie Swan, 244ª, a norte-americana Emina Bektas, 245ª, e as holandesas Richel Hogenkamp e Indy de Vroome, 246ª e 247ª colocadas. Carol Meligeni é a atual 248ª do ranking. O tênis feminino brasileiro já conta com Beatriz Haddad Maia, 83ª do mundo, nas chaves principais de simples e duplas, enquanto Laura Pigossi, 192ª, disputará o quali.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva