Notícias | Dia a dia
Marcus Daniell recebe Prêmio Ashe por trabalho social
14/12/2021 às 18h39

Marcus Daniell decidiu doar 10% de seus ganhos pelo resto da vida

Foto: Reprodução/Instagram

Londres (Inglaterra) - O duplista neozelandês Marcus Daniell recebeu nesta terça-feira Prêmio Humanitário Arthur Ashe da ATP. Ele se juntou à ilustre lista de vencedores do prêmio, que inclui o próprio Ashe, além do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, Andre Agassi, Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic. No ano passado, o escolhido foi o norte-americano Frances Tiafoe. Daniell falou sobre como ele se envolveu no mundo da caridade e da filantropia e de sua organização, a High Impact Athletes.

"Minha jornada na filantropia começou em 2015. Foi o primeiro ano que me concentrei em duplas e também foi o primeiro ano em que ganhei dinheiro jogando tênis. Consegui guardar algumas economias no banco no final do ano e, com aquele pouco de segurança financeira, surgiu um desejo muito forte de retribuir. Então, no início de 2016, decidi doar 1% da minha renda anual para a caridade, e isso acrescentou todo um mundo extra de significado à minha vida no tênis", escreveu Daniell, em depoimento à ATP.

"Quanto mais dinheiro eu ganhasse jogando tênis, mais poderia dar às pessoas que precisavam muito mais do que eu. E a cada ano, desde então, aumentei as minhas doações. Agora estou comprometido em doar pelo menos 10% dos meus ganhos para as instituições de caridade para o resto da minha vida", acrescentou o jogador de 32 anos.

"Então, em 30 de novembro de 2020, fundei a High Impact Athletes. A ideia é trazer o maior número possível de pessoas do esporte profissional e usar as nossas plataformas para divulgar a mensagem. Já temos dezenas de doadores e embaixadores, desde campeões mundiais de boxe até patinadores olímpicos, desde praticantes de caminhada até jogadores de tênis. E estamos crescendo cada vez mais rápido".

Daniell é o atual 51º colocado no ranking de duplas e tem cinco títulos no circuito da ATP. Em 2021, chegou apenas a uma final, em Doha ao lado de Philipp Oswald, mas conquistou uma medalha de bronze nas duplas masculinas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ao lado de Michael Venus. Ele também foi parceiro de dois brasileiros ao longo da temporada, o mineiro Marcelo Melo e o gaúcho Marcelo Demoliner.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marcus Daniell OLY (@marcusdaniellnz)

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva