Notícias | Dia a dia
Argentino Ficovich vence seu 1º challenger em SP
05/12/2021 às 16h44

Ficovich teve uma miocardite em decorrência da Covid-19 e ficou seis meses sem jogar

Foto: Luiz Candido/CBT

São Paulo (SP) - O argentino Juan Pablo Ficovich conquistou o título do challenger de São Paulo, no Clube Hípico Santo Amaro, depois de vencer a final deste domingo contra o jovem italiano de 19 anos Luciano Darderi por 6/3 e 7/5 em 1h53 de partida. Este é o primeiro título de challenger para Ficovich, de 24 anos e 285º do ranking. O argentino disputou sua terceira final na carreira e vai receber 80 pontos na ATP.

Ficovich só iniciou sua temporada em junho, durante o quali de Wimbledon. Ele teve uma miocardite depois de ter pegado Covid-19 em janeiro. "Foi um ano muito complicado para todo mundo, mas especialmente para mim. Tive Covid em janeiro e fiquei sete meses sem poder treinar por um problema de coração. Não sabia quando poderia voltar a competir e estou muito feliz por poder disputar torneios importantes, e mais ainda agora que eu pude ganhar um título", disse em entrevista ao canal SporTV, que transmitiu o torneio.

"Foi uma partida duríssima, em que precisei estar com o mental forte e jogar bem nos momentos importantes. Foi uma boa semana e agora só quero desfrutar essa conquista", complementou o argentino, que deverá saltar 53 posições e aparecer na 232ª colocação no ranking.

O campeão em São Paulo agora segue para a disputa do challenger de Florianópolis na próxima semana. "Agora é desfrutar esse título, porque não é todo dia que você consegue ganhar um torneio. Vou viajar entre hoje e amanhã, mas não quero nem pensar nisso agora. A cada semana, só um jogador é campeão, todos os outros perdem e eu não ganhava nenhum torneio há dois anos, então tenho que aproveitar esse momento", explica o tenista que tem nove títulos profissionais de nível future. 

Já o vice-campeão Darderi alcançou sua primeira final de challenger. Por ter vindo do quali, o italiano recebe 52 pontos no ranking. Ele ocupa atualmente o 443º lugar da ATP e deve ganhar mais de cem posições no ranking. Ele não havia precisado entrar em quadra na semifinal contra o brasileiro Felipe Meligeni, que foi testou positivo para Covid-19 e foi retirado do torneio.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva