Notícias | Dia a dia
Australian Open perdeu US$ 100 milhões em 2021
02/12/2021 às 15h27

Melbourne (Austrália) - Por causa do impacto que a pandemia do coronavírus teve na sua última edição, o Australian Open amargou um grande prejuízo. Segundo informa o jornal The Australian, o primeiro Grand Slam da temporada perdeu 100 milhões de dólares em 2021.

O prejuízo se deu por vários fatores, entre eles a mudança de data, sendo disputado algumas semanas depois do normal, e a ausência de público em boa parte da competição. Por causa disso, tiveram que solicitar um empréstimo de 40 milhões de dólares ao governo de Victoria.

+ 'AO ajudou na vacinação do circuito', diz diretor
+ Australian Open terá quarto estádio com teto

Graças ao empréstimo, a organização do torneio conseguiu realizar o evento dentro de todas as medidas extremas de segurança . Apesar de todo esse panorama negativo deste ano, Craig Tiley, diretor do torneio, está otimista para a edição de 2022.

Tiley espera retomar os números pré-2021, já com as vendas de ingressos dentro dos limites da normalidade, uma vez que foi liberada 100% da capacidade no Melbourne Park, além do retorno de diversos patrocinadores que não puderam participar do torneio na última edição.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva