Notícias | Dia a dia
Brasileiros sofrem grande queda no ranking da ATP
29/11/2021 às 09h41

Felipe Meligeni precisa de boa campanha nesta semana para não sofrer nava queda

Foto: Arquivo

Ponte Vedra (EUA) - A retirada dos pontos do challenger disputado em São Paulo em novembro de 2020 fez com que vários tenistas nacionais tivessem forte queda no ranking internacional na lista divulgada nesta segunda-feira pela associação masculina (ATP).

O então campeão Felipe Meligeni Alves perdeu nada menos do que 29 posições e deixou a faixa dos top 200, aparecendo agora no 209º posto. Ele permanece como terceiro jogador nacional mais bem colocado, atrás de Thiago Monteiro, que variou para 89º, e de Thiago Wild, que subiu apenas um posto com as quartas de Campinas na semana passada e agora é o 131º.

Também com boas campanhas um ano atrás, o mineiro João Menezes recuou mais 10 postos e parou na 240ª posição, enquanto Matheus Pucinelli recuou 16 e agora é o 286º. Outro que perdeu muito terreno foi Pedro Sakamato, que defendia 29 pontos e assim caiu 35 lugares e aparece no 369º. O gaúcho Orlando Luz variou seis pontos para baixo, mas ainda se manteve entre os 300 primeiros, como 292º.

Nesta semana, acontece o Challenger de São Paulo no Clube Hípico de Santo Amaro e Meligeni tem mais 29 pontos a defender, referentes ao challenger de Campinas do ano passado.

Situação ruim cabe a Thomaz Belllucci. Ele caiu 19 posições, é agora 425º e irá perder mais sete pontos, o que pode deixá-lo próximo do 500º.

Entre os que ganharam espaço na semana, Gabriel Décamps continua escalando o ranking através dos futures. Com a campanha de uma semana atrás, entrou para a faixa dos 700 mais bem classificados, como 696º, e terá mais um vice a acumular na próxima lista.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva