Notícias | Dia a dia
Paire diz que ida à América do Sul é ideal para RG
27/11/2021 às 18h18

Boulogne-Billancourt (França) - Já fazendo sua pré-temporada, Benoit Paire quer esquecer o ano que passou. Além de não ter conseguido resultados muito bons em 2021, o francês viveu às turras com os protocolos e as restrições aplicadas no começo do ano e foi um dos que mais reclamou da ausência de público nos torneios.

Em entrevista ao TennisActu, ele foi econômico ao fazer um balanço de seu ano. “Foi uma temporada complicada para mim, então quero esquecê-la rapidamente porque não há nada para lembrar de bom deste 2021. Sim, eu já tenho a cabeça em 2022 e me sinto pronto para o próximo ano”, observou Paire, que no próximo ano virá novamente à América do Sul para disputar os torneios de saibro.

“Consegui ficar entre os 50 primeiros apesar de tudo. Tenho que tentar voltar a figurar entre os 20 melhores em 2022. Estou com a cabeça boa e tenho plena confiança de que possa ter um bom ano. Eu irei para a América do Sul no saibro pela segunda vez seguida, algo que considero ideal para uma boa preparação para Roland Garros”, declarou o francês

“Roland Garros é sempre uma meta quando você é um jogador francês. Hoje, estou com 32 anos, então sei que não tenho mais 10 torneios em Paris pela frente. Já provei que posso jogar bem lá, então sim, esse Roland Garros 2022 está na minha cabeça. Vamos ver o que vai dar”, finalizou o atual número 46 do ranking da ATP.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva