Notícias | Dia a dia
WTA não acredita que Peng se comunica livremente
27/11/2021 às 09h55

Miami (EUA) - A situação da chinesa Shuai Peng segue como não resolvida para a WTA, que embora não tenha mais questionamentos sobre o paradeiro da ex-número 1 do mundo de duplas, segue sem confiar que ela está segura. Steve Simon, presidente da WTA, disse em comunicado por e-mail à CNN não acreditar que a tenista esteja se comunicando livremente

Simon explica que tentou entrar em contato com Peng por meio de vários canais de comunicação, incluindo dois e-mails. “Mas ficou claro que suas respostas foram influenciadas por outras pessoas”, garantiu Simon, que então decidiu não interagir mais com ela novamente por e-mail até ter certeza de que as respostas "são dela e não de seus censores".

Não é só a WTA que mantém a desconfiança sobre a segurança de Peng. O Escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos reiterou na última terça-feira que devem ser investigadas as alegações de agressão sexual divulgadas no início deste mês pela tenista.

Porta-voz do Escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos da ONU, Marta Hurtado cobrou investigação transparente sobre o caso. Ela também disse não saber se a vídeo-chamada da chinesa com Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, é evidência suficiente para mostrar que a tenista está bem.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva