Notícias | Dia a dia
Wilander: 'Djokovic não intimida mais os seus rivais'
25/11/2021 às 14h06

Innsbruck (Áustria) - Embora reconheça que o sérvio Novak Djokovic teve uma das temporadas mais dominantes de todos os tempos, o sueco Mats Wilander acredita que 2021 também foi o ano que as gerações mais novas passaram a não se intimidar mais quando encaram o atual número 1 do mundo. Falando para o Eurosport, o ex-tenista profissional explicou seu ponto de vista.

“O ano foi inacreditável para Novak, que parece ter 24 anos e não 34. Mas acho que a maior diferença é que esses caras que estão chegando ou os que já estão consolidados no circuito agora têm a confiança de que podem derrotar Novak em qualquer superfície. Eles não se intimidam mais, exceto que cheguem a um quarto ou um quinto set em Grand Slam”, avaliou Wilander.

“Mas mesmo assim, eles viram Novak provavelmente ter em 2021 o melhor ano de todos os tempos no circuito, ainda que tenha parecido um pouco vulnerável no US Open, no ATP Finals e talvez até mesmo nas Olimpíadas. Talvez disputar as Olimpíadas tenha sido uma má ideia para Novak e o motivo pelo qual ele parece ter perdido um pouco de confiança”, acrescentou o dono de sete títulos de Grand Slam.

Para o sueco, o desempenho de Djokovic no Finals não foi o mesmo que mostrou nos principais eventos. “O Finals não é um Grand Slam e ele está claramente com o objetivo de vencer Grand Slams e não o Finals, embora, para sua confiança, talvez ele vá sentir um pouco a derrota (nas semifinais). Mas acho que são situações completamente diferentes”, observou Wilander.

“Acho que ele estava se divertindo no Finals, talvez já pensando no próximo ano ou no seguinte. Ele está apenas se divertindo para aproveitar o tênis até que acabe”, complementou o sueco de 57 anos, que foi número 1 do mundo e também venceu um Slam nas duplas.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG