Notícias | Dia a dia
China acusa ocidente de propaganda maliciosa com Peng
24/11/2021 às 08h59

Pequim (China) - O Ministério das Relações Exteriores da China respondeu às reclamações e preocupações da mídia sobre o paradeiro de Shuai Peng e acusou a própria mídia ocidental de "publicidade maliciosa" em relação ao estado da tenista, rebatendo com contundência as dúvidas do resto do mundo sobre o bem-estar da jogadora.

O paradeiro de Peng , ex-número 1 do mundo dos duplas, tornou-se um assunto de preocupação internacional nas últimas três semanas, depois que ela alegou em uma mensagem em suas redes (a chinesa Weibo) que o ex-vice-premiê do país, Zhang Gaoli , tinha abusado sexualmente dela.

A mensagem ficou no ar por apenas 20 minutos e logo depois foi apagada. Desde então, Peng não foi mais vista em público e só voltou a aparecer quase 20 dias depois.

+ Shuai Peng enfim aparece em vídeo confiável
+ Peng faz videoconferência com presidente do COI

Alguns países estão considerando um possível boicote às Olimpíadas de Inverno de Pequim, que serão realizadas em fevereiro, uma vez que as garantias das autoridades chinesas de que Peng está a salvo e bem foram recebidas com ceticismo, especialmente pela WTA.

“Esta não é uma questão diplomática ", disse Zhao Lijian, do Ministério das Relações Exteriores, em entrevista coletiva na terça-feira. “Acho que todos viram que ela recentemente participou de alguns eventos públicos e também fez uma vídeo-chamada com o presidente do COI (Thomas) Bach. Espero que algumas pessoas parem de exageros maliciosos”, complementou.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG