Notícias | Dia a dia
ATP punirá quem falsificar registro de vacinação
22/11/2021 às 14h17

Paris (França) - Em meio às discussões sobre vacinação obrigatória em alguns países que recebem o circuito, o caso mais falado atualmente é o de Melbourne, onde o governo do estado de Victoria promete impor que apenas os vacinados possam competir no Australian Open, a ATP se pronunciou sobre o assunto e mostrou firmeza.

Em um documento enviado aos jogadores que o L'Equipe conseguiu ter acesso, a entidade que comanda o circuito indicou que não terá qualquer tipo de problema com os torneios que acontecem em países onde a vacinação contra Covid-19 é exigida para o registro e ainda prometeu punição para aqueles que não respeitarem as leis.

A ATP reconhece o fato de que o Aberto da Austrália impõe a vacinação aos jogadores e indica tolerância zero para quem tenta apresentar um cartão de vacinação falsificado. Os jogadores que o fizerem serão penalizados sob um código de conduta contrário à integridade do jogo. Os tenistas estarão sujeitos ao pagamento de multa de até US$ 100 mil (aproximadamente R$ 560 mil) e até uma suspensão de até três anos nos eventos do circuito ATP e também nos challengers.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva