Notícias | Dia a dia
Pucinelli sofre virada e Cerundolo encara Heide
16/11/2021 às 22h08

Pucinelli chegou a sacar para o jogo no segundo set da partida

Foto: João Pires/Fotojump

Campinas (SP) - Faltou pouco para que dois nomes da nova geração do tênis brasileiro pudessem se enfrentar nas oitavas de final do challenger de Campinas. O jovem paulista de 20 anos Matheus Pucinelli começou bem na partida contra o argentino Juan Manuel Cerundolo, cabeça 3 do torneio e número 89 do mundo. Ele venceu o primeiro set e chegou a sacar para o jogo no segundo, mas Cerundolo buscou a virada com parciais de 4/6, 7/5 e 6/1.

Algoz de Pucinelli na rodada de estreia, Cerundolo enfrentará outro jovem paulista Gustavo Heide, de 19 anos e 596º do ranking, que conseguiu nesta terça sua primeira em torneios de nível challenger da carreira. Heide, que já venceu três ITFs este ano, recebeu convite para o 11º Campeonato Internacional de Tênis, disputado nas quadras de saibro da Sociedade Hípica.

Esta foi a segunda oportunidade que Pucinelli teve de enfrentar um adversário no top 100 do ranking mundial. Na semana passada, ele perdeu para o 70º do ranking Federico Coria em Montevidéu. O jovem paulista de 20 anos e 271º colocado já tem 71 vitórias na temporada, considerando todos os níveis de competição do circuito e ocupava apenas o 679º lugar do ranking no início do ano.

Apesar de ter sofrido uma quebra ainda em seu primeiro game de serviço e começado perdendo por 2/0, Pucinelli conseguiu reagir e venceu quatro games seguidos. O jovem paulista conseguia colocar pressão constante sobre o saque do adversário, que enfrentou seis break-points durante o primeiro set.

Vindo da disputa do Next Gen ATP Finals, em quadra dura e coberta na Itália na última semana, o argentino não conseguia ser tão intenso do fundo de quadra e chegou a pedir atendimento médico para o pé esquerdo no início da segunda parcial. O set começou com uma troca de quebras e oportunidades para os dois lados.

Quando o placar estava empatado por 4/4, Pucinelli voltou a quebrar, mas ele não aproveitou a chance de sacar para o jogo e permitiu a reação do rival. Dois games mais tarde, o paulista até salvou um set-point com um ótimo winner de forehand, mas não evitou uma nova quebra a favor de Cerundolo. No terceiro set, o argentino conseguiu três novas quebras e só perdeu um game de serviço.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva