Notícias | Dia a dia
Osaka e Djokovic prestam apoio a Shuai Peng
16/11/2021 às 20h41

Peng está desaparecida desde que denunciou político chinês de assédio sexual

Foto: Arquivo

Turim (Itália) - Dois nomes muito importantes do tênis mundial divulgaram mensagens de apoio a Shuai Peng. O número 1 da ATP Novak Djokovic e a ex-líder do ranking da WTA Naomi Osaka se posicionaram nos últimos dias a respeito do desaparecimento da jogadora chinesa, depois que ela denunciou ter sofrido abuso sexual pelo ex-vice premiê do país Zhang Gaoli.

"Não tenho muita informação sobre o caso, mas eu ouvi sobre isso na semana passada. Honestamente, é chocante saber que ela está desaparecida. Ainda mais por ser alguém que eu sempre via no circuito nos últimos anos. Não há muito o que dizer, além de esperar que ela seja encontrada e que esteja bem. É terrível. Eu só posso imaginar como a família dela se sente", disse Djokovic, na entrevista coletiva após a vitória sobre Casper Ruud pelo ATP Finals na última segunda-feira.

Osaka, que está afastada do circuito desde o US Open e voltou recentemente aos treinos, se manifestou por meio das redes sociais. "Olá a todos, não sei se vocês acompanharam as notícias nos últimos dias, mas uma colega tenista está desaparecida depois de revelar que foi abusada sexualmente. A censura não é aceitável em qualquer situação e espero que Shuai Peng e sua família estejam bem e em segurança. Estou em choque com a situação e mandando muito amor para ela".

Peng havia feito uma publicação relatando o caso de abuso em seu perfil no Weibo, rede social chinesa semelhante ao Twitter, mas o conteúdo foi excluído em menos de 30 minutos e seu perfil bloqueado pela plataforma. A tenista de 35 anos está desaparecida desde então e a WTA já se manifestou, cobrando uma investigação célere e transparente para o caso. O CEO da entidade, Steve Simon, também considera romper os acordos comerciais que tem com a China.

Presidente da ATP também se manifesta sobre o caso

O italiano Andrea Gaudenzi, presidente da ATP, também se falou sobre o caso: "Não há nada mais importante para nós do que a segurança de nossa comunidade do tênis. Estamos profundamente preocupados com a incerteza em torno da segurança e do paradeiro da jogadora Shuai Peng".

"Ficamos animados com as recentes garantias recebidas pela WTA de que ela está segura e continuaremos monitorando a situação de perto. Apoiamos totalmente o apelo da WTA por uma investigação completa, justa e transparente das alegações de agressão sexual relatadas pela tenista".

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG