Notícias | Dia a dia
Tommy Paul derruba Shapovalov e vence seu 1º ATP
13/11/2021 às 14h43

Tommy Paul também eliminou Fritz, Murray e Tiafoe durante a semana

Foto: Stockholm Open

Estocolmo (Suécia) - A ótima semana de Tommy Paul no ATP 250 de Estocolmo foi premiada com a conquista de seu primeiro título na elite do circuito. O norte-americano de 24 anos e 52º do ranking superou neste sábado o canadense Denis Shapovalov, número 18 do mundo e campeão em 2019, com parciais de 6/4, 2/6 e 6/4 em 2h12 de partida.

Paul é tido como uma jovem promessa do tênis norte-americano desde a conquista do torneio juvenil de Roland Garros em 2015, chegando ao terceiro lugar no ranking da categoria. Mas entre os profissionais, atingiu o top 100 no fim de 2019 e só chegaria ao top 50 este ano. Durante a semana em Estocolmo, passou por outros compatriotas da mesma geração, Taylor Fritz e Frances Tiafoe, além de também ter sido o algoz do convidado Leo Borg e do ex-número 1 Andy Murray no torneio em quadras duras e cobertas na capital sueca.

Enquanto Paul disputou sua primeira final de ATP na carreira, Shapovalov esteve em sua quarta decisão e segue com apenas um título, conquistado justamente em Estocolmo há duas temporadas. O canadense de 22 anos também foi vice-campeão do Masters 1000 de Paris em 2019 e do ATP 250 de Genebra, na temporada de saibro deste ano.

O primeiro set teve apenas uma quebra. Shapovalov escapou de um 15-40 logo no game de abertura, mas acabou perdendo o saque de zero no sexto game da partida. Por sua vez, Paul não enfrentou break-point e cedeu apenas sete pontos em seus games de serviço. No segundo set, o canadense abriu 3/0 e escapou de todas as seis chances de quebra que enfrentou, antes de finalmente ampliar sua vantagem no placar.

Os sacadores começaram com domínio das ações no último set, sendo que Shapovalov escapou de dois break-points no quinto game, enquanto Paul reverteu um 15-40 no oitavo. Depois que o placar estava empatado por 4/4, o norte-americano estabeleceu o domínio da partida e venceu oito pontos seguidos.

A quebra sobre Shapovalov veio com uma ótima tentativa de passada na paralela, explorando a subida do canadense à rede. Antes disso, o campeão de 2019 vinha de dois erros seguidos. Já sacando para o jogo, Paul foi firme em seu serviço, ele chegou ao match-point depois de um erro do canadense com o backhand, e definiu o jogo sacando firme no meio e definindo com um forehand na paralela.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva