Notícias | Dia a dia
Última a entrar no Finals, Kontaveit já está na semi
12/11/2021 às 18h16

Kontaveit ainda não perdeu sets durante sua campanha em Guadalajara

Foto: Akron WTA Finals

Guadalajara (México) - Última jogadora a se classificar para o WTA Finals, Anett Kontaveit é a primeira a garantir vaga na semifinal em Guadalajara. A estoniana, número 8 do mundo, superou nesta sexta-feira a tcheca Karolina Pliskova, quarta colocada, por 6/4 e 6/0 em apenas 57 minutos de partida. Ela ainda não perdeu sets no torneio, e sequer teve o serviço quebrado nesta semana.

Kontaveit entrou na rodada sabendo que uma vitória em sets diretos já garantiria sua classificação sem depender do outro jogo do dia, entre Barbora Krejcikova e Garbiñe Muguruza. Mas ela pode ter o primeiro lugar do grupo confirmado em caso de vitória de vitória de Krejcikova sobre a espanhola, na partida marcada para às 22h30 (de Brasília). As jogadoras estão no grupo Teotihuacán no México. A estoniana enfrenta Muguruza no próximo domingo.

Esta foi a 12ª vitória seguida para Kontaveit no circuito, sendo que ela vem de dois títulos consecutivos, nas quadras cobertas de Moscou e Cluj-Napoca, além de ter vencido 28 dos últimos 30 jogos. A estoniana vive o melhor momento da carreira aos 25 anos, com 47 vitórias na temporada e quatro títulos em 2021. Esta foi a primeira vez que ela conseguiu derrotar Pliskova, para quem já havia perdido em três ocasiões.

Depois de uma estreia com ótimo aproveitamento no saque, Kontaveit já precisou salvar três break-points logo em seu segundo game de serviço na partida desta sexta-feira. Mas depois disso, a estoniana não teria mais o saque ameaçado até o final da partida. O primeiro set teve apenas uma quebra, conquistada por Kontaveit no último game da parcial, aproveitando o único break-point que teve. A estoniana fez 10 a 6 em winners e cometeu 11 erros contra 10 de Pliskova.

Durante o segundo set, Kontaveit não correu risco algum no saque, perdendo apenas quatro pontos em seus games de serviço. Pliskova seguia na estratégia de bater reto na bola, mas cometia muitos erros não-forçados, enquanto a estoniana tentava fazer um jogo sólido do fundo de quadra. Depois da estreia, ela já se dizia bem adaptada às condições do torneio e à altitude de 1.500m no México e manteve um nível muito consistente até o final da partida. Kontaveit fez 20 a 9 em winners e cometeu 16 erros contra 18 da rival. A estoniana conseguiu quatro quebras em seis break-points e não perdeu o saque na partida.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva