Notícias | Dia a dia
Kontaveit vence 11ª seguida e larga bem no Finals
10/11/2021 às 18h44

Kontaveit foi a última jogadora a se classificar para o Finals de Guadalajara

Foto: Jimmie48/WTA

Guadalajara (México) - Nem mesmo a mudança radical nas condições em relação ao que estava acostumada nas últimas semanas fez Anett Kontaveit interromper sua sequência de bons resultados. Última jogadora a se classificar para o WTA Finals, a estoniana marcou sua 11ª vitória seguida no circuito e a 27ª nos últimos 29 jogos. Kontaveit superou nesta quarta-feira a tcheca Barbora Krejcikova, número 3 do mundo e atual campeã de Roland Garros, por 6/3 e 6/4 em 1h15 de partida.

Com o resultado, Kontaveit assume a liderança provisória do Grupo Teotihuacán, que ainda conta com as duas jogadoras mais experientes do torneio, a tcheca Karolina Pliskova e a espanhola Garbiñe Muguruza. Elas se enfrentam a partir das 22h30 (de Brasília) desta quarta-feira e a segunda rodada do grupo acontece na próxima sexta.

Número 8 do mundo aos 25 anos, Kontaveit vem de títulos nas quadras duras e cobertas de Moscou e Cluj-Napoca, e este ano também foi campeã em Cleveland e Ostrava. A estoniana marcou sua 46ª vitória na temporada e se mostrou melhor adaptada que Krejcikova às condições incomuns do Finals em Guadalajara, disputado em quadra aberta e com altitude superior a 1.500m.

Apesar da dificuldade para controlar a trajetória da bola, especialmente nos primeiros games da partida, Kontaveit disparou oito aces e não enfrentou break-points, além de ter cedido apenas 16 pontos em seus games de serviço e somente quatro quando colocou o primeiro saque em quadra. A estoniana até fez menos winners, 17 contra 20 de Krejcikova, mas a tcheca cometeu 34 erros não-forçados contra apenas 16. Só no primeiro set, Krejcikova fez 18 erros, o triplo de sua adversária.

Krejcikova sofreu sua terceira derrota seguidda nas últimas semanas, já que vem da disputa da Copa Billie Jean King, em Praga, onde foi superada por Belinda Bencic e Angelique Kerber. A número 3 do mundo encontrou muitas dificuldades para tentar fazer um jogo firme de fundo de quadra e também para responder ao saque de Kontaveit. Ela até teve um bom momento no fim do primeiro set, quando mudou seu posicionamento nas devoluções e ficou mais afastada da linha de base, mas pouco pôde fazer para mudar a dinâmica da partida.

A partida desta quarta-feira teve apenas duas quebras de serviço. Kontaveit aproveitou o único break-point que teve no primeiro set para abrir 3/1 no placar e administrar sua liderança até o fim da parcial. Logo na abertura do segundo set, ela voltou a quebrar o serviço de Krejcikova e até criaria uma nova oportunidade de aumentar a liderança quando já vencia por 4/2. A tcheca confirmou o serviço, mas não ameaçou o saque da estoniana em nenhum momento.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva