Notícias | Dia a dia
Pucinelli vence a primeira no saibro de Montevidéu
08/11/2021 às 20h13

Pucinelli agora enfrenta o cabeça 1 Federico Coria nas oitavas

Foto: Arquivo

Montevidéu (Uruguai) - Primeiro brasileiro a estrear na chave principal do challenger de Montevidéu, Matheus Pucinelli marcou uma importante vitória nesta segunda-feira. O paulista de 20 anos e 272º do ranking superou o chileno Tomas Barrios Vera, 141º colocado, por 6/4 e 7/5 em 2h08 de partida.

Esta foi a vitória de número 71 na temporada de Pucinelli, considerando todos os níveis de competição do circuito. Em chaves principais de challenger, marcou sua 13ª vitória no ano. Seu próximo rival será o argentino Federico Coria, cabeça 1 do torneio e 70º do mundo, que venceu o compatriota Andrea Collarini, 265º colocado, por 6/3, 5/7 e 6/3.

A vitória na estreia em Montevidéu rende sete pontos na ATP para Pucinelli, que pode fazer 15 pontos se chegar às quartas. Ele tem apenas quatro pontos a descartar. No início da temporada, ocupava apenas o 679º lugar do ranking.

O primeiro set da partida teve sete quebras de serviço, sendo quatro para Pucinelli e três para Barrios Vera. O chileno aproveitou os três break-points que teve, enquanto o brasileiro criou 11 oportunidades de quebra ao longo da parcial. Pucinelli só conseguiu vencer 43% dos pontos jogados com seu próprio saque durante a parcial, mas venceu 55% dos pontos disputados no saque do adversário.

Durante a segunda parcial, Pucinelli teve melhor aproveitamento em seu saque. Ele colocou 88% de primeiro saque em quadra, só enfrentou um break-point. O jovem paulista de 20 anos conseguiu uma quebra cedo para abrir 3/1 no placar e vinha sustentando a liderança até chegar a 5/2. Sacando para o jogo, ele permitiu a quebra. E no game seguinte, teve um match-point, mas não aproveitou e cedeu o empate por 5/5. Mas Pucinelli conseguiu confirmar o serviço na sequência e voltou a quebrar pouco depois.

Monteiro e Meligeni na chave, Klier abandona no quali
O tênis brasileiro tem mais dois representantes na chave principal. O cearense Thiago Monteiro, 95º do ranking, é o cabeça 4 do evento e enfrenta o argentino Renzo Olivo, 190º colocado. Já o paulista Felipe Meligeni, 192º do mundo, também estreia contra um argentino, Hernan Casanova.

Pelo qualificatório, o brasiliense Gilbert Klier Junior parou na rodada final do quali. Vindo de vitória na estreia, o jovem de 21 anos e 421º do ranking abandonou a partida desta segunda-feira contra o argentino Facundo Juarez quando perdia por 4/6, 7/6 (7-5) e 4/1. A organização do evento não divulgou o motivo da desistência. Klier chegou a ter quatro match-points quando vencia o segundo set por 5/4. 

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva