Notícias | Dia a dia
Herbert ainda não se vacinou e tem AO em dúvida
08/11/2021 às 13h12

Paris (França) - Vice-campeão de duplas no Masters 1000 de Paris, ao lado do compatriota Nicolas Mahut, o francês Pierre-Hugues Herbert revelou, após a derrota na final, que ainda não tomou nem a primeira dose da vacina contra o coronavírus e por isso não sabe se viajará em janeiro para a disputa do Australian Open.

“Então, por enquanto isso é um pouco complicado porque eu pessoalmente não sou vacinado. E não sei hoje se terei tempo de tomar as duas doses. É um pouco difícil abordar esse assunto no momento. Com certeza a situação na Austrália não é das mais abertas”, comentou o francês, que atualmente é o 110º em simples e 9º no ranking de duplas.

“Não sei se a viagem à Austrália fará parte da minha programação, ainda mais com o ranking de simples que tenho hoje, que não me permite estar lá na chave principal", acrescentou Herbert, que vive situação distinta do parceiro Mahut.

O veterano francês, que no começo do ano foi infectado pelo Covid, já tomou ao menos uma dose. Ainda assim, ele se preocupa com as condições impostas pelos australianos. “Eu já estive infectado (em março) e então só tomei uma dose, três meses após meu teste de Covid positivo. Hoje você precisa mesmo das duas doses e preciso ainda tomar a segunda”.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva