Notícias | Dia a dia
Djokovic diz que quer ser treinador quando parar
08/11/2021 às 11h46

Paris (França) - Campeão do Masters 1000 de Paris, batendo o russo Daniil Medvedev na final do último domingo, o sérvio Novak Djokovic não mostrou apenas animação com a conquista de mais um grande título, mas também com seu projeto de academia com o Novak Tennis Center. Em entrevista ao Tennis Majors, o número 1 do mundo falou com muito desta sua empreitada.

“Adoro transmitir a minha experiência aos mais novos, tenho muito interesse em continuar a me envolver na academia. Acho que o conhecimento não faz sentido se você não o utiliza e por isso não gostaria de ir para o túmulo sem ter transmitido tudo o que sei, o que aprendi com a minha experiência”, disse o sérvio de 34 anos.

“Quero que outras pessoas conheçam os meus métodos de trabalho, a minha filosofia, a minha abordagem, que possam aprender comigo e com a minha carreira. Considero que o lógico é transmitir tudo o que aprendi. Embora eu me veja desempenhando várias funções no futuro, a de treinador é uma delas, sem dúvida alguma”, acrescentou Djokovic.

O número 1 do mundo também falou sobre a felicidade de ter a família ao seu lado em Paris, podendo unir duas coisas que gosta tanto. “Amo esse esporte e não só quando eu ganho torneios, mas também quando jogo com meus filhos na quadra ou quando assisto a um jogo ao vivo ou na televisão”, falou Djokovic, que comemorou a conquista no Palácio de Bercy com a esposa e os filhos.

“Ter minha esposa e filhos aqui comigo é muito especial e vamos comemorar o título em família. Vamos comer um bolo, colocar música e seguir em frente. O tênis é um esporte em que você não pode se gabar do que alcançou porque o desafio seguinte está muito próximo. Não me permito comemorar muito e procuro não pensar em conquistas históricas. Acho que é algo que poderei analisar e valorizar no futuro, mas agora você tem que virar a página rapidamente e estar mentalmente preparado para o próximo evento”, finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva