Notícias | Dia a dia
Teichmann acusa russas de trapacearem na final
08/11/2021 às 10h59

Praga (República Tcheca) - Derrotada na primeira partida do confronto que definiu o título da Billie Jean King Cup, a suíça Jil Teichmann resolveu disparar após a conquista da Rússia, que venceu os dois jogos de simples contra a Suíça e sequer precisou disputar o jogo de duplas.

Em sua conta no Twitter, a suíça de 24 anos e atual 38ª colocada no ranking da WTA não poupou palavras e acusou as russas de trapaça. “É justo se sua oponente tem que trapacear para vencê-la 10 minutos antes de entrar em quadra?”, indagou Teichmann.

A reclamação da suíça se deu em função de uma troca de última hora na adversária da compatriota Belinda Bencic, que enfrentaria Anastasia Pavlyuchenkova no segundo jogo da final. Após a divulgação das escalações, a equipe russa promoveu uma mudança, citando uma lesão no joelho de Pavlyuchenkova, que substituída por Liudmila Samsonova, 15 minutos antes das finais começarem.

A troca feita após o anúncio das escalações acabou sendo único cenário em que a equipe russa teria Samsonova contra Bencic. Ela era a jogadora de pior ranking do time, 40ª do mundo, mas que já havia vencido a suíça duas vezes este ano, uma delas em condições muito parecidas em Luxemburgo. Se a mudança fosse feita antes, Samsonova entraria no primeiro jogo, enquanto Bencic enfrentaria Daria Kasatkina, que abriu o confronto e derrotou Teichmann em dois sets.

Samsonova fez a sua parte, e voltou a superar a suíça, com vitória de virada e garantiu o quinto título russo na Billie Jean King Cup, enquanto as suíças amargaram o segundo vice-campeonato e seguem sem conquistas na competição.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva