Notícias | Outros
Stephany vence duelo de 5h e vai à semi dos 18
05/11/2021 às 09h04

A paulista Stephany de Lima venceu de virada Gabriela Felix.

Foto: Thiago Parmalat

Salvador (Bahia) - Depois de uma batalha de cerca de 4h30 na quarta-feira, Gabriela Felix, de 15 anos, ficou mais cinco horas em quadra nesta quinta-feira, mas não resistiu à segunda favorita na semifinal da categoria até 18 anos da 36ª edição do Bahia Juniors Cup, no Clube Bahiano de Tênis. A paulista Stephany de Lima superou a jovem carioca por 5/7, 6/3 e 6/1. O jogo começou pouco depois das 10h30 e terminou pouco depois das 15h30 diante de um dia abafado em Salvador (BA).

Stephany já entrará em quadra para a final na tarde desta sexta-feira diante da catarinense Maria Turchetto, que venceu a 18ª consecutiva, passando por Beatriz Guerra por 6/0 6/2. Campeã em Londrina (PR), Curitiba (PR) e Blumenau (SC), ela irá tentar seu quarto troféu consecutivo.

Entre os meninos, final totalmente carioca entre João Fonseca e Victor Alves. Alves passou pelo principal favorito, o paranaense Matheus de Lima, por 6/4, 0/6 e 6/4, enquanto que Fonseca derrotou Henrique Brito, cabeça 2, por 6/3 7/5. 

Nos 14 anos, Guilherme Barral representa a Bahia nas semifinais. Ele venceu o duelo baiano contra Davi Costa por 6/0 7/5 e encara, nesta sexta-feira, o segundo favorito, Cario Dourado. A outra semi será entre João Di Salvo e Marco Iannoni. No feminino, a paulista Isadora Sigrist, de São José do Rio Preto, foi a campeã, superando Lais Shibata por 6/1 6/3.

Nos 16 anos, o baiano Gabriel Godoy disputa a final contra Pedro Rocha. Godoy passou por Lucas Ranciano na semi por 6/3 6/4 e Rocha fez duplo 6/4 sobre Lucas de Carvalho. Os torneios de 14 e 16 pontuam para o ranking sul-americano da Cosat.

A sexta-feira terá todos os jogos de final de simples e duplas no torneio ITF e no torneio sul-americano de 14 e 16 anos, começando a partir das 10h. O torneio tem 240 atletas do Brasil, Sérvia, Chile e Estados Unidos.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva