Notícias | Dia a dia
Monfils é o 5º jogador com mais desistências na ATP
04/11/2021 às 14h19

Paris (França) - A carreira do francês Gael Monfils é marcada não apenas pelos grandes resultados, somando mais de 500 vitórias no circuito e 10 títulos, mas também pelas lesões. Não à toa que, ao desistir do confronto com o sérvio Novak Djokovic nesta quinta-feira, pela terceira rodada do Masters 1000 de Paris, ele se tornou o quinto tenista com mais abandonos na ATP.

Monfils chegou a 27 desistências na carreira, contando tanto aquelas antes das partidas, como a de agora, como as que aconteceram durante os jogos. O francês de 35 anos é o quinto com mais abandonos, empatado com o australiano Kim Warwick e com o sérvio Janko Tisparevic. O alemão Tommy Haas lidera a lista (33), seguido pelo norte-americano Jimmy Connors (32), pelo russo Nikolay Davydenko (31) e pelo alemão Philipp Kohlschreiber (29).

“É o fim da temporada, então é hora de apenas fazer um balanço. Foi um ano muito difícil, com muitas mudanças. Não consegui me adaptar bem no início ao circuito nesta pandemia e por isso não joguei depois da Austrália. Quando voltei, tive uma pequena lesão em Mônaco que não me ajudou. Demorei um pouco para voltar e entender as mudanças que eu queria fazer no meu jogo”, comentou o francês na entrevista coletiva em que anunciou a desistência e explicou sua lesão.

Monfils também destacou que, na segunda parte da temporada, tudo começou a correr melhor. “O público voltou e passei a ter mais alegria dentro de quadra. Joguei bastante, quase no máximo que gostaria. E quando digo ‘quase no máximo’ é porque gostaria de terminar o torneio 100% De qualquer forma, sinto que meu jogo está evoluindo na direção certa e fico feliz por isso” analisou o francês.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva