Notícias | Dia a dia
Zverev vence e confirma duelo com Dimitrov
03/11/2021 às 18h35

Zverev não enfrenta Dimitrov pelo circuito desde 2016

Foto: Rolex Paris Masters

Paris (França) - Três dias depois de conquistar o 18º título de ATP de sua carreira em Viena, Alexander Zverev estreou com vitória no Masters 1000 de Paris. O número 4 do mundo superou nesta quarta-feira o sérvio Dusan Lajovic, 34º do ranking, por 6/3 e 7/6 (7-5) em 1h40 de partida. Com o resultado, Zverev chega à sexta vitória seguida, além de manter seu perfeito retrospecto contra Lajovic, tendo vencido os quatro duelos entre eles.

Esta foi a 53ª vitória na temporada para Zverev, que já tem cinco títulos no ano. Ele só venceu menos jogos em 2021 que o grego Stefanos Tsitsipas, que acumula 55 vitórias e apenas, mas apenas dois títulos. Apesar de ter mil pontos a defender na semana, 600 de Paris e mais 400 do ATP Finals do ano passado, o alemão de 24 anos tem a chance de ultrapassar Tsitsipas no ranking se fizer boa campanha na capital francesa. Ainda mais porque o grego tem 1.300 pontos a descontar na próxima segunda-feira e já abandonou o Masters 1000 francês.

Zverev terá nas oitavas de final um duelo contra o búlgaro Grigor Dimitrov, experiente jogador de 30 anos e número 30 do ranking. O alemão lidera o histórico de confrontos por 2 a 1, mas eles não se enfrentam desde 2016. Dimitrov vem de vitória sobre o russo Karen Khachanov, campeão em 2018, por 4/6, 6/2 e 6/0. O búlgaro vem de bons resultados nas últimas semanas, como as semifinais em San Diego e Indian Wells.

Para superar Lajovic nesta quarta-feira, Zverev liderou a estatística de winners por 28 a 17 e cometeu 22 erros não-forçados contra 23 do sérvio. Apesar de ter disparado 14 aces na partida e vencido 80% dos pontos jogados com seu primeiro saque, o alemão chegou a enfrentar cinco break-points, mas sofreu apenas uma quebra de serviço. Por outro lado, criou nove oportunides de quebra e aproveitou duas.

O alemão teve o controle das ações no primeiro set, ao vencer 12 dos primeiros 14 pontos disputados para fazer 3/0. Lajovic até devolveu a quebra no quinto game, mas não conseguiu o empate, já que voltaria a perder o saque no game seguinte. O segundo set seguiu inteiramente sem quebras, apesar das muitas oportunidades para ambos os lados, e Zverev precisou de um atendimento para a região do pescoço. Mas no tiebreak, o alemão conseguiu ser superior e finalizar a disputa em seu segundo match-point.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva