Notícias | Dia a dia
Bia marca vitória tranquila, Laura também avança
02/11/2021 às 14h19

Bia cedeu apenas três games nesta terça-feira em Buenos Aires

Foto: Argentina Open

Buenos Aires (Argentina) - De volta ao saibro depois de ter atuado em cinco torneios no piso duro nos Estados Unidos, Beatriz Haddad Maia marcou uma tranquila vitória na estreia do WTA 125 de Buenos Aires. Segunda cabeça de chave do evento e número 85 do mundo, Bia superou a colombiana Emiliana Arango, de apenas 20 anos e 260ª do ranking, por 6/1 e 6/2 em 1h12 de partida.

Bia chega assim à marca de 73 vitórias na temporada, tendo iniciado o ano apenas na 359ª posição e voltando ao top 100 recentemente, depois de chegar às oitavas em Indian Wells. A paulistana de 25 anos e número 1 do Brasil enfrenta nas oitavas de final a chilena Daniela Seguel, 211ª do ranking, a quem superou nos três encontros anteriores, um deles este ano, justamente em Buenos Aires.

+ Carol Meligeni estreia com 'bicicleta' na Argentina

Durante a rápida partida desta terça-feira, Bia conseguiu cinco quebras de serviço e não teve o saque quebrado em nenhum momento, enfrentando apenas dois break-points. Outras estatísticas positivas para a brasileira foram os 75% de primeiros serviços em quadra e os apenas 17 pontos perdidos em seus games de saque. Além disso, no segundo set, Bia não enfrentou break-point.

A vitória na estreia rende 15 pontos no ranking da WTA, algo que não mudaria a situação de Bia, já que seu último resultado válido é de 20 pontos. Mas ela já está ganhando as posições de Rebecca Peterson, Qiang Wang e Johanna Konta, que têm pontos de 2019 a descontar na próxima semana. Se Bia vencer mais uma, fará 29 pontos e começa a lutar por um ganho mais significativo de posições. O torneio na Argentina vale 160 pontos.

Laura supera Cepede Royg na estreia
Outra vitória brasileira a vencer na tarde desta terça-feira foi Laura Pigossi, 271ª do ranking, que superou a paraguaia Veronica Cepede Royg, ex-top 80 e atual 251ª colocada, por 6/4, 2/6 e 6/4 em 2h20 de jogo. Esta foi a sexta vitória seguida de Pigossi, que vem de título no ITF W25 de Guayaquil e enfrenta na próxima fase a húngara Panna Udvardy, cabeça 5 do evento e 128ª do mundo.

Pigossi deverá atingir o melhor ranking da carreira na próxima semana. Ela ainda tem a receber os 65 pontos do título da semana passada e está fazendo mais 15 por ter vencido a estreia na capital argentina. A paulista de 27 anos e medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio tinha como recorde pessoal a 247ª posição, alcançada ainda em 2014, e está se aproximando do 220º lugar.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva