Notícias | Dia a dia
Daniel fura o quali e entra no challenger de Guayaquil
01/11/2021 às 21h54

Daniel Dutra da Silva vem de uma final de ITF disputada também em Guayaquil

Foto: Divulgação

Guayaquil (Equador) - Depois de ter passado por uma rodada dupla no último domingo em Guayaquil, com uma final de ITF e uma primeira rodada de um quali de challenger, Daniel Dutra da Silva conseguiu mais uma vitória nesta segunda-feira e garantiu vaga na chave principal do torneio em quadras de saibro no Equador. Ele superou o convidado boliviano Murkel Dellien, apenas 1.148º do ranking, com parciais de 7/6 (10-8) e 6/4.

Daniel é o atual 508º colocado no ranking da ATP. A melhor marca de sua carreira foi o 231º lugar, alcançado ainda na temporada 2009. Vencedor de 24 torneios profissionais de nível future, o experiente paulista de 33 anos tem 18 vitórias em chaves principais de challenger na carreira, as mais recentes em junho de 2019 em Blois, na França.

A estreia de Daniel Dutra da Silva na chave principal de Guayaquil será nesta terça-feira. Ele enfrenta o dominicano Nick Hardt, jovem de 21 anos e 355º do ranking, em confronto inédito no circuito. Quem passar enfrenta o vencedor do duelo argentino entre Sebastian Baez (cabeça 4) e Nicolas Kicker.

Outro brasileiro na chave é o paranaense Thiago Wild, 132º do ranking e cabeça 6 do torneio. Ele também estreia nesta terça-feira, diante do argentino Andrea Collarini, 257º colocado. Wild venceu os dois duelos anteriores entre eles. O paranaense de 21 anos já teve descontados os 80 pontos do título de 2019 em Guayaquil, mas defende nesta semana 29 pontos e precisa ser semifinalista para evitar uma nova perda de posições.

Nas duplas, Fernando Romboli e o boliviano Federico Zeballos são os cabeças de chave número 2 e enfrentam o peruano Alexander Merino e o mexicano Luis Patiño.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva