Notícias | Dia a dia
Kerber bate Krejcikova, mas tchecas fecham na dupla
01/11/2021 às 20h45

Siniakova e Hradecka definiram o difícil confronto contra a Alemanha

Foto: Paul Zimmer/ITF

Praga (República Tcheca) - Anfitriã na fase final da Copa Billie Jean King, a equipe da República Tcheca precisou de muito apoio da torcida para superar a Alemanha e largar na frente do Grupo D da competição. As tchecas definiram o confronto apenas em uma difícil partida de duplas e fizeram 2 a 1 na série. A equipe da casa só volta a atuar na quinta-feira, enquanto as alemãs encaram as suíças já nesta terça.

O confronto começou com uma tranquila vitória de Marketa Vondrousova sobre Andrea Petkovic. A medalhista de prata em Tóquio marcou as parciais de 6/1 e 6/3 em apenas 1h17 de partida. Logo na sequência, aconteceu o grande jogo da rodada, entre duas jogadoras do top 10. A nona colocada Angelique Kerber venceu uma batalha de 2h16 contra a número 3 do mundo Barbora Krejcikova por 6/7 (5-7), 6/0 e 6/4.

A partida entre Kerber e Krejcikova começou melhor para a tcheca, que chegou a abrir 3/0 com duas quebras acima, mas a alemã buscou o empate no oitavo game e chegou a ter set-points quando vencia por 5/4 e 6/5. Krejcikova foi corajosa nos momentos de pressão, batendo muito forte na bola e utilizando golpes mais retos para se salvar e vencer a parcial no tiebreak.

No segundo set, Kerber aplicou um 'pneu' e Krejcikova chegou a pedir atendimento para um desconforto na panturrilha. A alemã abriu 3/1 no terceiro set, permitiu o empate por 3/3, mas voltaria a quebrar logo na sequência, em um game de saque muito longo da tcheca. Krejcikova ainda teve break-point quando a rival sacava para o jogo, mas não evitou a derrota.

O desgaste da partida anterior fez com que o capitão tcheco não escalasse Krejcikova para a partida de duplas e a República Tcheca não pôde contar com a melhor parceria da temporada lado a lado para a definição do confronto. Parceira habitual de Krejcikova no circuito, Katerina Siniakova se juntou à veterana de 36 anos Lucie Hradecka para a difícil vitória sobre Anna-Lena Friedsam e Jule Niemeier por 6/4, 6/7 (2-7) e 10-8.

Sorribes e Suárez Navarro definem vitória da Espanha nas duplas
Em outro confronto muito equilibrado, a Espanha superou a Eslováquia por 2 a 1 e assumiu a liderança do Grupo C, que ainda conta com os Estados Unidos. As norte-americanas estreiam nesta terça contra as eslovacas e encaram a equipe espanhola apenas na próxima quarta-feira.

O primeiro jogo da série foi vencido por Viktoria Kuzmova, que superou Carla Suárez Navarro por 6/2, 3/6 e 6/3. Na sequência, Sara Sorribes venceu um duelo de 2h45 contra Anna Karolina Schmiedlova, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/2. A definição ficou para as duplas e a Espanha novamente escalou Sorribes e Suárez Navarro. Elas venceram Viktoria Kuzmova e Tereza Mihalikova por 4/6, 6/2 e 10-7.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva