Notícias | Dia a dia
Djokovic vence dupla e pegará Fucsovics em simples
01/11/2021 às 14h20

Paris (França) - A campanha do sérvio Novak Djokovic no Masters 1000 de Paris começou com susto e vitória de virada nas duplas. Nesta segunda-feira, ele e o compatriota Filip Krajinovic abriram campanha derrotando os australianos Alex de Minaur e Luke Saville com parciais de 4/6, 6/4 e 10-7. Na próxima fase eles desafiarão os cabeças de chave 8, o australiano John Peers e o eslovaco Filip Polasek.

Já na chave de simples, onde é o principal favorito, Djokovic viu a definição de seu oponente de estreia. O húngaro Marton Fucsovics derrotou o italiano Fabio Fognini em três duros sets, com dois tiebreaks, marcando placar final de 6/1, 6/7 (6-8) e 7/6 (7-5), e agora desafiará o número 1 do mundo na segunda rodada no Palácio de Bercy.

Será a quarta vez que Fucsovics e Djokovic medirão forças pelo circuito profissional. O sérvio levou a melhor em todos os três embates anteriores, o mais recente deles neste ano pelas quartas de final de Wimbledon, quando pela primeira vez não deixou sets para o rival húngaro, que havia perdido por 2 a 1 no ATP de Doha, em 2019, e por 3 a 1 no US Open de 2018.

+ ATP pode fechar 2021 com dois número 1 diferentes

Embora já tenha a liderança do ranking tradicional garantida, Djokovic ainda pode ser ultrapassado pelo russo Daniil Medvedev na corrida da temporada, que em 2021 contará para definir o “Número 1 de Final de Temporada”. Ele garante a ponta já nesta semana se for campeão em Paris, independente do resultado do atual segundo colocado no ranking.

Djokovic também terá o número 1 assegurado se for vice (desde que Medvedev não seja o campeão), se alcançar as semifinais (contando que o russo não seja finalista), ou se alcançar a terceira rodada (e Medvedev não for semifinalista). Se o russo não chegar às quartas, o tenista de Belgrado pode até perder na estreia.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva