Notícias | Dia a dia
Sinner vacila e Tiafoe marca virada espetacular
30/10/2021 às 13h04

Viena (Áustria) - Depois de três anos, o norte-americano Frances Tiafoe enfim está de volta a uma final de nível ATP. E foi dramática. Ele viu o italiano Jannik Sinner sacar para o jogo no segundo set, mas nunca desistiu e conseguiu colocar o adversário na defensiva para anotar o placar de 3/6, 7/5 e 6/2.

A incrível campanha em Viena incluiu até agora vitórias sucessivas sobre os top 20 Stefanos Tsitsipas, Diego Schwartzman e Sinner, algo inédito na sua carreira. Na decisão deste domingo, às 10 horas, vai encarar o alemão Alexander Zverev, contra quem tem larga desvantagem de 5 a 1. Sua única vitória foi em Cincinnati de 2017, tendo depois perdido três seguidos, os dois mais recentes em 2019.

Seu único título de nível ATP aconteceu em março de 2018 em Delray Beach. Pouco depois, foi à final no saibro de Estoril. Ex-29º do ranking, ele ocupa atualmente o 49º posto. Recupera por enquanto oito postos e pode chegar a 34º em caso de título.

Sinner começa muito bem
Em busca de sua terceira vitória consecutiva sobre Tiafoe, repetindo dois jogos de 2019 na quadra dura, Sinner voltou a mostrar um tênis extremamente sólido em todos os campos. Além de sacar bem, golpeou com força e variação da base e ainda fez bons complementos junto à rede.

Assim que conseguiu achar o tempo da devolução, o italiano ficou muito superior a Tiafoe, que precisou buscar alternativas o tempo inteiro. Sofreu quebras no quinto e nono games ao longo de um primeiro set intenso em que Sinner forçou e assim fez mais winners (10 a 6) e erros (9 a 6), mas ao mesmo tempo não permitiu break-points com um saque muito efetivo. Acertou 68% do primeiro serviço com 82% de sucesso, incluindo três aces.

Sinner não dava tempo para Tiafoe respirar. Obteve nova quebra no segundo game da série seguinte e ameaçou o outro serviço, exigindo que o norte-americano corresse muito e jogasse no risco. Assim, chegou ao game de saque para fechar o jogo e pela primeira vez se mostrou instável. Ao mesmo tempo, Tiafoe buscava ser agressivo e a pressão deu certo.

Reação espetacular
Foi a deixa para Tiafoe marcar uma virada espetacular na partida. Ficou firme no saque e conseguiu tirar outro serviço do italiano, apostando sempre em golpes forçados. Acuado, Sinner evitou um break-point na abertura do terceiro set, mas nova quebra veio em seguida.

O norte-americano se dava muito bem no jogo de rede, aproveitando seus golpes pesados de base para a transição. Momento crucial veio no longo quarto game, em que salvou um break-point. Pouco depois, fez um lance antológico, iniciado com um voleio entre as pernas e concluído com muito empenho na rede. O prêmio foi obter nova quebra e aí sacar para uma vitória espetacular.

Números mostram que os dois jogadores fizeram mais winners do que erros. Tiafoe anotou 27 e Sinner, 32, enquanto ambos cometeram 22 falhas cada um. O norte-americano conseguiu ganhar 21 dos 36 lances que tentou junto à rede.

Briga pelo Finals continua
Sinner de qualquer forma mantém boa chance de chegar ao Finals de Turim. Com os pontos garantidos em Viena, sobe o total da temporada para 3.0155 e aparecerá no oitavo lugar, a 90 pontos de Casper Ruud. Os dois ainda sofrem concorrência de Hubert Hurkacz, Cameron Norrie, Felix Aliassime e Aslan Karatsev na próxima semana, em Paris.

Na próxima segunda-feira, Sinner aparecerá certamente no nono lugar do ranking tradicional e pela primeira vez a Itália terá dois top 10 simultaneamente, já que Matteo Berrettini é o sétimo colocado.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva