Notícias | Dia a dia
Soares supera Demoliner e joga sua 68ª final de ATP
29/10/2021 às 17h10

Soares e Murray tentam conquistar o 12º título jogando juntos

Foto: Formula TX

São Petersburgo (Rússia) - Em duelo com dois brasileiros em quadra pela semifinal de duplas do ATP 250 de São Petersburgo, Bruno Soares levou a melhor sobre Marcelo Demoliner e garantiu seu lugar na final do torneio russo em quadras duras e cobertas. Principais cabeças de chave, Soares e o britânico Jamie Murray venceram Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell por 7/5 e 6/3.

Mineiro de 39 anos e vencedor de 34 títulos de ATP, Bruno Soares disputará a 68ª final de sua vitoriosa carreira profissional no circuito. Este ano, ele e Murray já venceram um ATP 250 em Melbourne e ficaram com o vice-campeonato do US Open. Jogando juntos, eles já conquistaram onze torneios. Soares jogou ao lado de Murray entre 2016 e 2019 e retomou a parceria no início da temporada.

"Esse torneio é muito legal e a cidade é espetacular. Muito feliz de ter conhecido. Claro, está fazendo muito frio, mas é uma das cidades mais bonitas que já visitei, sem dúvidas. Agora é ir com tudo pra essa finalera e buscar o caneco", disse Bruno Soares, que disputa o torneio de São Petersburgo pela primeira vez.

"Objetivo alcançado, com certeza. A ideia era fazer bastante jogos para pegar ritmo e confiança. Vamos fazer quatro jogos por aqui e isso é super importante pra gente nessa reta final. Além disso, mais importante ainda é somar pontos e manter a vantagem em busca de uma vaga no Finals, que é o nosso grande objetivo da temporada", acrescentou o mineiro.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por ATP St.Petersburg Open (@formula_tx)

Na atual temporada, Soares e Murray acumulam 21 vitórias e 12 derrotas. Eles aparecem atualmente no oitavo lugar na corrida por uma vaga no ATP Finals. Individualmente, Soares é o 13º do ranking dos duplistas e Murray o 19º colocado. Os adversários na final do torneio podem o cazaque Andrey Golubev e o monegasco Hugo Nys, cabeças 4 do torneio, ou o indiano Rohan Bopanna e o canadense Denis Shapovalov.

Demoliner tentava alcançar sua 15ª final da carreira e a segunda na temporada. O gaúcho de 32 anos e 67º do ranking já conquistou este ano um título na grama de Stuttgart, ao lado do mexicano Santiago Gonzalez. Ele tem quatro títulos no circuito da ATP. Na atual temporada, atuou com cinco parceiros diferentes, acumulando 21 vitórias e 25 derrotas.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva